Taxa SELIC

Tempo de leitura: 1 minuto

A Taxa SELIC é conhecida como a taxa básica de referência para todas as demais taxas de juros da economia brasileira.

A seguir, apresentamos o histórico da SELIC desde o ano 2000.

Taxa Selic dados históricos mensal

Taxa Selic dados históricos

A SELIC é definida pelo COPOM (Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil) em reuniões com periodicidade de 45 dias.

O governo utiliza a SELIC como instrumento para controlar a inflação.

Se a SELIC é alta, o crédito oferecido pelos bancos fica mais caro (empréstimos, financiamentos, cartões de crédito, cheque especial). Logo, há mais dificuldade na obtenção de dinheiro e, consequentemente, um desestímulo ao consumo.

Com esta diminuição na demanda por produtos e serviços, espera-se uma queda dos preços e da inflação. Entretanto, com vendas menores, as empresas não crescem, o desemprego aumenta e a economia do país tende a encolher.

Entretanto, a vantagem de uma SELIC alta é a possibilidade do investidor obter maiores ganhos em aplicações conservadoras e de menor risco: LCI, LCA, CDB e Tesouro Direto.

Para maiores informações e atualizações, recomendamos o acesso direto ao site do COPOM – Banco Central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *