LCA: aprenda tudo, use nosso simulador e aumente seus lucros!

As pessoas interessadas em ingressar no mundo dos investimentos podem ficar confusas no início desta jornada em função da “sopa de letrinhas” das diversas aplicações. Afinal, o que é LCA, LCI e CDB?

Sendo assim, decidimos criar um artigo focado em LCA para que você aprenda tudo sobre este investimento e possa maximizar seus lucros nesta modalidade de aplicação financeira.




O que é LCA? Como funciona?


A LCA ou “Letra de Crédito do Agronegócio” é um título privado de Renda Fixa emitido por bancos com o objetivo de captar recursos para financiar o setor agropecuário. Nesta aplicação, o investidor “empresta” seu dinheiro para o banco e ao final do investimento, a instituição financeira devolve o valor investido mais os juros do período.

lca o que é e como funciona

Portanto, cria-se uma relação benéfica para ambas as partes, uma vez que o investidor é recompensado através do recebimento de juros e o banco consegue captar recursos para financiar o agronegócio.

É importante ressaltar que as atividades do agronegócio envolvem uma extensão cadeia produtiva em nosso país, desde a pecuária e agricultura até o fornecimento de equipamentos industrializados para o setor e a comercialização nacional e internacional, por exemplo.

Obs.: Os títulos de Renda Fixa podem ser chamados de títulos públicos quando se referem ao Tesouro Direto ou títulos privados quando se referem a LCI, LCA e CDB.

Impostos e tributação em LCA


Uma das principais vantagens dos investimentos em LCA é justamente a isenção do pagamento de impostos (IR e IOF).

Contudo, é preciso ter em mente que o simples fato de um investimento ser livre de tributação não o torna obrigatoriamente melhor do que aplicações com a cobrança de impostos.

Desta forma, procure avaliar também fatores como prazo de vencimento, liquidez, valores para aplicação inicial e rentabilidade.

Prazos de aplicação em LCA


Muitos especialistas apontam o prazo de carência mínimo de 90 dias como a principal desvantagem dos investimentos em LCA.

Desta forma, se você investir seu dinheiro hoje em uma LCA, precisará esperar, no mínimo, um prazo de 90 dias para efetuar o primeiro resgate do dinheiro aplicado.

Sendo assim, o investidor perde em termos de flexibilidade e não terá a liquidez diária encontrada na Poupança e em outras aplicações como Tesouro Direto e alguns CDBs.

Por outro lado, o prazo máximo geralmente é de 3 anos.

Valores mínimos para investimento em LCA


Uma desvantagem da LCA em relação à sua irmã gêmea mais famosa (LCI) está no fato dos grandes bancos cobrarem valores mais elevados para início das aplicações, a saber:

  • Caixa Econômica: R$ 5.000.000 (cinco milhões de reais!)
  • Bradesco: R$ 300.000
  • Itaú: R$ 100.000 (exclusivo para clientes Personnalité)
  • Banco do Brasil: R$ 30.000

Obs.: Valores vigentes em out/17. Infelizmente não conseguimos informações sobre a LCA do Santander. Para atualizações, sugerimos consultas diretas aos bancos de interesse.

Ressaltamos ser possível encontrar LCAs em bancos de menor porte, cujos atrativos são melhores taxas de juros e investimentos iniciais mais modestos, sendo possível começar suas aplicações com apenas R$ 1.000.

Resgates parciais em LCA


Certos bancos possibilitam que o investidor faça resgates parciais do dinheiro aplicado em LCA.

Porém, é preciso observar o prazo de carência para começar a solicitar resgates parciais (no mínimo de 90 dias) e o saldo mínimo necessário para manutenção da aplicação no banco.

Por exemplo, na LCA da Caixa, o investidor tem a possibilidade de fazer resgates parciais a partir de lotes de R$ 1.000.000 desde que permaneça um saldo mínimo de R$ 5.000.000 na aplicação.

Rentabilidades da LCA


Em termos de rentabilidade, podemos dividir a LCA em três modalidades:

  • LCA pré-fixada: a rentabilidade é conhecida no momento da aplicação.

Exemplo: LCA com taxa pré-fixada de 8,50% ao ano.

  • LCA pós-fixada: a rentabilidade é atrelada a um indexador e só é conhecida, efetivamente, no momento do resgate da aplicação. É a modalidade de LCA mais disponibilizada no mercado.

Exemplo: LCA com taxa pós-fixada de 85% do CDI.

  • LCA híbrida: a rentabilidade é dada pela soma de uma taxa pós e outra pré-fixada. Em função de existir uma taxa pós-fixada, a rentabilidade também só será conhecido no resgate da aplicação.

Exemplo: LCA com taxa híbrida de “IPCA + 4,20%”.

Apesar das rentabilidades das modalidades pós-fixada e híbrida só serem conhecidas com exatidão no momento do resgate em função da variação do indexador (CDI ou IPCA) ao longo da aplicação, é possível fazer uma estimativa de quanto você receberá utilizando os dados históricos e/ou as previsões do mercado (Boletim Focus).

Obs.: Temos uma seção específica com o histórico dos principais indexadores da Renda Fixa e outra seção com as respectivas projeções.

Onde encontrar os melhores rendimentos em LCA?


A maior parcela dos investidores inicia seus investimentos através da aplicação em produtos da Renda Fixa oferecidos pelo seu próprio banco.

Entretanto, é importante você se conscientizar que as taxas de juros oferecidas pelos grandes bancos que atuam no Brasil são ruins e, em alguns casos, chegam a ser piores do que a aplicação na famosa Caderneta de Poupança.

Sendo assim, se você tem a intenção de encontrar taxas realmente atrativas, o ideal é investir em bancos de médio porte, seja diretamente ou através de uma corretora independente.

Como muitas pessoas tem medo de sair dos grandes bancos por falta de conhecimento, é importante que você aprenda a selecionar as melhores opções para investir de forma inteligente o seu dinheiro.

Afinal, são incontáveis bancos “desconhecidos” oferecendo excelentes taxas, mas talvez você não saiba o que precisa ser feito para garantir que seu dinheiro foi investido em um banco confiável, correto?

Se este é o seu caso, temos uma boa notícia! Preparamos um guia contendo toda a nossa estratégia de investimentos visando maximizar os lucros e minimizar os riscos de nossos investimentos.

Neste guia, detalhamos qual a corretora utilizamos e em quais bancos de médio porte fazemos nossas aplicações. Também ensinamos uma maneira fácil, rápida e gratuita para que você mesmo aprenda a identificar bancos com boa saúde financeira para investir o seu dinheiro.

Se ficou interessado em melhorar sua vida financeira, acesse o guia “Investimentos Seguros e Rentáveis“. 

Como investir em LCA?


De forma resumida, se você está interessado em investir em LCA poderá seguir dois caminhos:

  • Direto: através da abertura de conta no banco emissor da LCA.
  • Indireto: através da abertura de conta em uma corretora independente.

Acreditamos que o maior atrativo pelos investimentos em corretoras independentes reside no fato delas atuarem como se fossem uma “prateleira” de investimentos e funcionarem como “ponte” entre o investidor e diversos bancos.

Ou seja, enquanto no banco você fica limitado a escolher apenas os produtos financeiros daquela instituição, em uma corretora independente você terá acesso a diversas opções de investimentos de vários bancos diferentes.

Sendo assim, o “leque” se abre e as possibilidades de encontrar melhores investimentos se tornam maiores.

Calculadora de LCA


A seguir você poderá utilizar nossas três calculadoras para simular investimentos em LCA.

O uso destes simuladores é fácil e intuitivo.

Você só precisará preencher os campos sinalizados com “+” e todas as demais informações sobre rentabilidade e valor de resgate serão calculadas automaticamente.

Para os indexadores pós-fixados (CDI e IPCA), você poderá utilizar dados históricos, valores atuais, previsões do mercado divulgadas pelo Boletim Focus ou mesmo especular qualquer valor da sua cabeça.

Obs.: Para te ajudar, mantemos uma seção específica para dados históricos e outra para valores atuais e previsões do mercado.

Para a correta simulação é importante se atentar para o prazo de aplicação informado, que deverá ser em “anos”. Desta forma, se quiser calcular uma aplicação de 2 anos e 6 meses, por exemplo, deverá inserir o número “2,5”.

De posse destas simples orientações, chegou a hora da diversão!

Simulador de LCA pré-fixada


Simulador de LCA pós-fixada


Simulador de LCA híbrida


Atenção: Os simuladores possuem a intenção de uso educativo. Toda e qualquer decisão tomada após as simulações é de exclusiva responsabilidade do leitor.

Conforme ressaltado anteriormente, em investimentos pós-fixados, você só saberá a exata rentabilidade no dia do vencimento da aplicação em função das variações dos indexadores.

A Taxa DI, por exemplo, é calculada e divulgada diariamente pela CETIP. Ou seja, qualquer mudança afeta a sua rentabilidade já no dia seguinte.

Portanto, os valores encontrados nestes simuladores devem ser entendidos como uma ordem de grandeza da sua rentabilidade, que poderá ser ligeiramente diferente de nossos cálculos.

LCA ou LCI: qual o melhor investimento?


Como a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) pode ser considerada irmã gêmea da LCI (Letra de Crédito Imobiliário) em função de ambas possuírem as mesmas características e isenção de impostos, é muito fácil comparar a rentabilidade entre estes dois investimentos.

Desta forma, para o investir interessado apenas em obter lucros com a sua aplicação, tanto faz investir em LCI ou LCA uma vez que o funcionamento de ambas são idênticos, diferindo apenas na destinação que o banco dará ao dinheiro captado.

Enquanto a LCI é destinada para estimular o setor imobiliário, a LCA é voltada para fomentar o agronegócio.

Sendo assim, a comparação se torna simples e direta: aquele investimento com a maior taxa será também o mais rentável!

Portanto, uma LCA com taxa de 92% do CDI sempre será mais lucrativa do que uma LCI pagando 88% do CDI, por exemplo.

LCA ou CDB: qual o melhor investimento?


Quando a comparação da LCA é realizada com investimentos em CDB, a complexidade aumenta em função dos CDBs sofrerem a incidência de dois impostos (IR e IOF).

Sendo assim, como o mais frequente é encontrar LCAs e CDBs pós-fixados e atrelados ao CDI, preparamos uma tabela para facilitar sua vida na hora de fazer as comparações.

Para utilizar esta tabela de forma adequada basta saber qual o período da aplicação e verificar as taxas equivalentes de LCA e CDB.

LCA ou CDB: qual o melhor investimento?

Obs.: Foi utilizada a fórmula de juros compostos para a confecção desta tabela.

Com o auxílio desta tabela, podemos entender, por exemplo, que uma LCA pós-fixada com taxa de 100% do CDI será igual a um CDB com taxa de 118% do CDI no prazo de 720 dias ou 114% do CDI no prazo de 1.080 dias.

Se ainda não conseguiu entender perfeitamente como utilizar esta tabela, veja o próximo exemplo:

Qual seria o investimento com melhor rentabilidade considerando o prazo de 180 dias: LCA com taxa de 96% do CDI ou CDB com taxa de 120% do CDI?

Consultando a tabela você pode verificar que para um prazo de 180 dias, o CDB precisaria ter rentabilidade maior do que 123% do CDI para mais rentável do que uma LCA de 96% do CDI e prazo de 180 dias.

Logo, neste exemplo, a melhor rentabilidade estaria na aplicação na LCA.

Para fazer a comparação entre LCAs e CDBs pré-fixados, sugerimos a utilização das seguintes fórmulas:

Valor líquido resgatado na LCA: Valor aplicado x (1 + taxa de juros) período

Valor bruto resgatado no CDB: Valor aplicado x (1 + taxa de juros) período

Desconto do IR: (Valor resgatado bruto – Valor aplicado) x Alíquota IR

Valor líquido resgatado no CDB: Valor resgatado bruto – Desconto do IR

Obs.: Para entender sobre a tributação em investimentos em CDB, consulte nossa seção sobre impostos.

Riscos da aplicação em LCA


O principal medo de qualquer investidor é a falência do banco no qual aplicou o seu dinheiro. Portanto, o principal risco de qualquer LCA está na saúde financeira do banco emissor deste título.

Entretanto, as aplicações em LCA possuem um seguro grátis e automático chamado de FGC, que cobre até o limite de R$ 250.000 por CPF e por instituição financeira.

O FGC ou “Fundo Garantidor do Crédito” possui como função a proteção do dinheiro dos correntistas e investidores que aplicam dinheiro em determinados produtos do mercado financeiro.

Obs.: Além dos investimentos em LCA, o FGC também assegura aplicações em CDB e LCI, por exemplo. Entretanto, ressalta-se que os títulos públicos (Tesouro Direto) não possuem a garantia deste fundo.

Para conhecer mais informações deste seguro, sugerimos a leitura de nosso artigo específico sobre o FGC.

Considerações finais


Conferimos neste artigo os principais tópicos sobre o investimento em LCA:

  • O que é e como funciona o investimento em LCA
  • Impostos
  • Valores mínimos e prazos de aplicação
  • Tipos de rentabilidade
  • Como investir
  • Simulador de LCA
  • Comparativo com investimentos em LCI e CDB
  • Riscos e proteção

Esperamos que a leitura deste material tenha sido agradável e útil para você aprimorar seus conhecimentos neste tipo de aplicação.

Tentamos utilizar uma linguagem simples e com diversos exemplos para facilitar a sua compreensão.

Se você chegou até o final deste artigo, parabéns! Isto mostra que você preza pela leitura para ampliar seus horizontes.

Se quiser elevar ainda mais os seus conhecimentos sobre o mundo da Renda Fixa, novamente te convidamos a conhecer o guia “Investimentos Seguros e Rentáveis“. Temos certeza que irá gostar!


Para consultar informações sobre demais investimentos, acesso nossos artigos específicos:


Caso você tenha gostado deste material e acredite que ele possa ser útil para melhorar a saúde financeira de seus amigos e familiares, que tal compartilhar e marcá-los no Facebook?

Fique à vontade para fazer sugestões, elogios e reclamações! Para isso basta deixar um comentário aqui embaixo. Teremos grande felicidade em receber a sua mensagem!






4 Comentários


  1. Muito boa a materia!
    Sou iniciante em investimentos, e estou com uma duvida.

    Tenho 170mil reais guardados, gostaria de fazer esse dinheiro render.
    vale a pena investir esse montante na LCA?
    Verifiquei aqui hoje pela Easynvest e o Banco ABC Brasil está com prazo 3 anos, taxa 95%, taxa CDB 109,96%, valor minimo 50mil.

    Vale a pena investir nesse LCA meus 170mil?
    Quanto teria de retorno em 3 anos?

    Obrigado e parabéns pelo site!

    Responder

    1. Ricardo, muito obrigado pelo seu comentário!

      Para você entender quais investimentos nós consideramos bons para aplicar o seu dinheiro, sugiro o acesso ao nosso mapeamento com as 10 melhores aplicações em Renda Fixa em novembro.

      Usando o nosso simulador, é possível verificar que aplicando R$ 170.000 em uma LCA com taxa de 95% do CDI, prazo de 3 anos e considerando o CDI atual de 7,39% ao ano, o seu lucro seria de aproximadamente R$ 38.000.

      Responder

  2. Bom dia irmãos Cid
    O banco Pan tem lcis e lcas que rendem 90 dias 95 % , 1 ano 97 %, 2 anos 99% 3 anos 101 % e cdbs 103% DIÁRIA E 119% PARA 3 ANOS , isto e´ produtos muitos rentáveis e a caixa econômica ainda e´ sócia do Pan, na opinião de vocês este banco
    e´mesmo um bom banco para investir?
    mas por outro lado não adianta ter lcis e lcas muito rentáveis se quase não tiver lastro

    Responder

    1. Olá, Célio!

      É preciso olhar com cautela para o Banco Pan. Este banco é controlado pelo BTG Pactual, que detém 51% das ações ON. A caixa detém 49%. Lembrando que o BTG é o Banco do Sr. André Esteves, envolvido na lava-jato. Além disso, o balanço do Banco Pan é preocupante, com prejuízos nos últimos 3 anos (2014, 2015 e 2016).

      Um abraço e bons investimentos

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *