Os 10+ de agosto de 2017




Atualizamos a nossa seção “Os 10+ da Renda Fixa” com o mapeamento dos 10 melhores investimentos para agosto de 2017 na visão dos autores do blog “Bons Investimentos”:

melhores investimentos agosto de 2017

Obs.1: Mapeamento realizado em 01/ago/17. Para atualizações e mais opções de investimentos, pode ser realizado o acesso direto ao site das corretoras / bancos: Daycoval, Easynvest, XP Investimentos e Rico.

Obs.2: Para encontrar investimentos em LCI e LCA para curto prazo (abaixo de 6 meses), acesse o site do Daycoval através deste link.

Obs.3: Em 01/12/16, o Grupo XP Investimentos anunciou a compra da corretora Rico. Entretanto, a informação passada ao mercado é de que a marca Rico continuará independente.


Para quem está em busca de investimentos rentáveis e seguros, preparamos um material contendo a nossa estratégia de investimento e detalhando toda a nossa carteira. Você saberá exatamente onde fazemos nossas aplicações visando maximizar os lucros e os mecanismos que utilizamos para minimizar os riscos.

Não perca a oportunidade e conheça o nosso guia!


Previsão de rentabilidade líquida anual


Foram adotadas as seguintes premissas:

  • CDI: +9,14% ao ano
  • IPCA: +3,00% ao ano (acumulado dos últimos 12 meses)

Obs.: Foram utilizados valores vigentes no início de agosto de 2017. Para consultar os valores atualizados e as previsões do CDI, SELIC e IPCA, acesse nossa seção específica sobre estes índices.

  • Destacamos que a Rico e XP Investimentos atualmente estão seguindo a política da Easynvest e não cobram mais taxa para investimentos em LCI, CDB e Tesouro Direto.

Esta previsão serve apenas como ordem de grandeza, pois como visto no artigo sobre os investimentos em Renda Fixa a verdadeira rentabilidade de títulos pós-fixados só é conhecida no momento do resgate do investimento.


Desempenho da poupança


Para fins comparativos, é bom saber que nos últimos 12 meses a rentabilidade da poupança foi de +7,71%.


Segurança é fundamental: lembre-se do FGC


Os investimentos em LCI, LCA e CDB possuem um seguro automático de até R$ 250.000, por CPF e instituição financeira.

Para conhecer ou relembrar as características deste seguro, recomendamos a leitura do nosso artigo específico sobre o FGC.

Obs.: Apesar dos títulos públicos (Tesouro Direto) não serem garantidos pelo FGC, estes investimentos são considerados por especialistas os ativos mais seguros do mercado, conforme explicado no guia sobre o Tesouro Direto.


A escolha por determinado investimento é algo muito particular e não depende exclusivamente da rentabilidade, pois fatores como liquidez (ou seja, o prazo em que você poderá resgatar o dinheiro) e valores mínimos de aplicação devem ser levados em consideração.


Como o nosso blog é gratuito, caso tenha gostado deste material, nosso pedido é o mesmo de sempre: ajude-nos na divulgação, através do compartilhamento deste artigo nas redes sociais.

Para se manter atualizado com as principais informações dos investimentos em Renda Fixa, sugerimos a assinatura gratuita de nosso blog. Para isto, basta cadastrar seu e-mail abaixo.

Investindo com inteligência e segurança

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>






12 Comentários


    1. Rayan, não investimos em debêntures e por isso não listamos este investimento como um dos melhores em nossa visão. Consideramos o risco mais elevado do que LCI e CDB para uma pequena diferença de rentabilidade. É bom lembrar que debêntures não possuem a cobertura do FGC. Só para exemplificar este risco, atualmente a Concessionária Rodovias do Tietê está propondo alterar o prazo de vencimento de sua debênture RDVT11 de 2028 para 2036 com mudanças, inclusive, na rentabilidade pactuada. Portanto, o motivo é bem simples, não incluimos debêntures em nossa lista justamente porque não investimos nelas.

      Responder

  1. Olá, primeiramente obrigado pelas informações. É difícil encontrar artigos que vão direto ao assunto como vocês fazem. Estou com uma dúvida: faltam 150 dias para um título prefixado do Tesouro Direto vencer, e a rentabilidade está acima da contratada, começando a direcionar a curva para a contratada. Nessa situação, qual é o melhor momento de véspera para vender (ou não vender)? Obrigado

    Responder

    1. Marcos, desculpe a demora na resposta, mas vamos lá. Primeiramente, é bom ficar registrado que nunca utilizamos o Tesouro Direto para especular ou ganhar com variações no preço dos títulos. Sendo assim, sempre compramos pensando em manter o dinheiro investido até o prazo do resgate.

      Geralmente, para o investidor ter lucro na operação de venda antecipada é necessário que tenha comprado o título quando a Taxa Selic (ou a taxa pré-fixada) estava mais alta.

      Exemplo 1: comprei o Tesouro pré-fixado com a taxa de 15% a.a. e após 1 ano observo que a taxa está em 10% a.a. Neste caso, se eu vender meu título antecipadamente irei ganhar em função dele ter se valorizado.

      Exemplo 2: comprei o Tesouro pré-fixado com a taxa de 9% a.a. e após 1 ano observo que a taxa está em 12% a.a. Neste caso, o valor do título terá se desvalorizado e se eu fizer a venda antecipada estarei “perdendo” dinheiro.

      Resumidamente, para vender antecipadamente com “ganho” em cima do valor do título, você precisa esperar que a taxa atual fique menor do que a taxa do seu título.

      Entretanto, a dinâmica da marcação a mercado dos preços dos títulos públicos é mais complexa do que esta simplificação que fizemos e você deverá observar os valores de compra dos títulos e verificar se o que falei está se aplicando, ok?

      Ressalto novamente que nunca fizemos operações de vendas antecipadas no Tesouro Direto.

      Responder

      1. Entendi, e mais uma vez obrigado! Como eu estou na situação positiva, vou vender antes que o título chegue ao vencimento, que está próximo. Abraços.

        Responder

  2. Encontrei no aplicativo da Easynvest um CDB que rende 121% do CDI com vencimento para 1800 dias Rating Fitch BB+. Vocês acreditam ser um bom investimento com um Rating confiável? No atual cenário vale mais a pena que Tesouro IPCA+4,94 para 2024?

    Responder

  3. Tenho pouco dinheiro, mas estou procurando boas opções de investimento, pois sei que tudo tem seu começo e quero iniciar o quanto antes. Muito obrigado pelas dicas

    Responder

  4. Olá
    Conheci agora o site e já me cadastrei para receber mais informações.
    Sou cliente na Rico e XP, nestas duas corretoras aparecem algumas aplicações de renda fixa com taxa Pré-fixada.
    Cada dia que passa vai terminando essas aplicações, pois com o CDI caindo, pegar um CDB com a taxa a 12% pra 5 anos a meu ver está muito bom.
    Existem mais aplicações com 11% ainda disponíveis.
    Como entrei agora no site do BI não sei exatamente a política de vocês, então gostaria de saber o que vocês pensam sobre isso pois não vejo incluídos nas recomendações. Obrigado pela atenção!

    Responder

    1. Giordano, uma CDB com taxa pré-fixada de 12,0% a.a. e prazo superior a 2 anos, terá uma rentabilidade líquida em torno de 10,2% (após desconto do IR). Realmente para um cenário onde é esperada a redução da Selic para algo em torno de 7,5% a.a. é um bom investimento. Não somos muito fãs de ter uma carteira recheada de investimentos pré-fixados, mas reconhecemos a oportunidade e vamos passar a incluir um investimento pré-fixado neste mapeamento a partir de outubro.

      Acredito que esta é uma ótima sugestão e confesso que pelo fato de termos em nossa carteira alguns CDBs com taxa pré-fixada em torno de 17% a.a., não ficamos empolgados com as atuais taxas. Porém, o cenário hoje é outro e realmente merece reservarmos pelo menos uma posição para mapear investimentos pré-fixados.

      Obrigado pela colaboração!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *