Amazon se torna a marca mais valiosa do mundo, segundo estudo da Kantar e WPP

Um estudo realizado pela consultoria Kantar e pelo grupo WPP mostrou que a Amazon é a marca mais valiosa do mundo, valendo US$ 415,9 bilhões. Entre 2019 e 2020, o valor da Companhia cresceu cerca de 32%.

Em segundo lugar, aparece a Apple, em terceiro a Microsoft e em quarto lugar o Google.

A maior queda registrada foi o Facebook, que passou do 6° para o 8° lugar. Vale lembrar que durante os últimos dias, a empresa sofreu um boicote publicitário e perdeu 7% do valor da marca entre 2019 e 2020.

O estudo utiliza dados de avaliações que incorporam o desempenho do preço das ações desde abril de 2020 para refletir o impacto da covid-19.

De acordo com os dados, as marcas ligadas ao setor de tecnologia continuaram a dominar o topo do ranking, representando mais de um terço (37%) do valor das Top 100.

Vale destacar que a Mastercard apareceu na lista das 10 primeiras empresas, influenciada pelo forte desempenho financeiro, apoiado pelo crescente valor da marca, especialmente no engajamento dos consumidores.

Além disso, na lista das 100 marcas mais valiosas não consta nenhuma marca brasileira.

Empresas

Confira a lista das empresas mais valiosas do mundo abaixo:

  • 1° – Amazon (US$ 415,9 bilhões)
  • 2° – Apple (US$ 352,2 bilhões)
  • 3° – Microsoft (US$ 326,5 bilhões)
  • 4° – Google (US$ 323,6 bilhões)
  • 5° – Visa (US$ 186,8 bilhões)
  • 6° – Alibaba (US$ 152,5 bilhões)
  • 7° – Tencent (US$ 150,9 bilhões)
  • 8° – Facebook (US$ 147,1 bilhões)
  • 9° – McDonald’s (US$ 129,3 bilhões)
  • 10° – Mastercard (US$ 108,1 bilhões)

Leia também:


Gostou da nossa matéria? Para ficar sempre atualizado, siga nossas Redes Sociais: Facebook, TwitterInstagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.