Antecipar a restituição do Imposto de Renda: sim ou não?

Em períodos de crise como a atual, a antecipação da restituição do Imposto de Renda representa mais uma opção para quem está sem renda. A antecipação pode ser feita em qualquer banco que ofereça uma linha de crédito garantida pelo dinheiro. 

Mas será que essa soliticação vale a pena? De acordo com economistas, é recomendável somente para quem está com muita dificuldade financeira, pois existe um risco ao assumir essa operação. Quem fizer isso deverá arcar com o pagamento de juros bancários quando a Receita Federal fizer o acerto do valor, já que equivale a um tipo de empréstimo.

Taxas cobradas por bancos variam de 1,79% a 3,69%

De acordo com um levantamento de especialistas, as taxas cobradas pelos bancos para os casos de antecipação da restituição variam de 1,79% a 3,69% ao mês. Os custos vão variar de acordo com o valor a ser antecipado e o acordo entre o cliente e a instituição bancária.

É preciso apresentar o recibo da declaração do Imposto de Renda ao banco para comprovar o valor a ser recebido. O cliente também deve indicar o banco como local de depósito da restituição, o que costuma ser feito no momento da declaração.

O valor liberado pode variar de 75% a 100% do valor total previsto para receber da Receita Federal, e o dinheiro cai na conta no dia seguinte do fechamento do negócio.

Atenção ao prazo de empréstimo: pode ser até a data após o pagamento do último lote da restituição, que seria 20 de setembro neste ano. Devido à crise decorrente da pandemia, porém, as instituições financeiras devem oferecer a extensão desse prazo.

Leia também:


Gostou da nossa matéria sobre a antecipação da restituição do Imposto de Renda?

Para ficar sempre atualizado com nossas notícias, siga nossas Redes Sociais: Facebook, Twitter e Instagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br.

Revisão e edição: Cintia Salomão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.