Banco Itaú terá que devolver R$ 75 milhões para clientes por irregularidades

O Banco Central (BC) divulgou que fechou um acordo com o Itaú, que se comprometeu a devolver R$ 75,6 milhões aos clientes por cobrança indevida de tarifas entre 2008 e 2018. Mas, vale destacar que o Itaú já devolveu cerca de R$ 57,5 milhões aos clientes ao longo dos anos.

De acordo com o Itaú, alguns pagamentos já foram realizados, pois tem clientes que eles ainda mantém relacionamento e afirmou que continuará nesse processo para os outros impactados. Além disso, o Itaú deverá pagar ao Banco Central um total de R$ 11,5 milhões em forma de contribuição pecuniária.

O banco tem 15 dias para devolver o dinheiro aos clientes cujo os dados bancários ele já conheça. A Instituição deverá tentar entrar em contato com cada um dos seus clientes e caso não conseguir, deverá depositar os valores nas contas desses clientes mesmo que em outras instituições.

O Itaú afirmou que as cobranças indevidas em saques e emissão de extratos ocorreram por conta de problemas operacionais, principalmente em operações de cartão de crédito e consignado adquiridos de terceiros pelo banco.

De acordo com o Itaú, ele reforça que os processos foram alterados para que situações semelhantes não voltem a ocorrer e reafirma seu compromisso de ter o cliente no centro de suas decisões e ações.

Leia também:


Gostou da nossa matéria? Para ficar sempre atualizado, siga nossas Redes Sociais: Facebook, TwitterInstagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.