CDB do Banco do Brasil é um bom investimento?

O CDB do Banco do Brasil (BB) vem recebendo uma atenção especial pela parcela da população que já se conscientizou sobre as desvantagens de deixar o seu dinheiro parado na Poupança.

Sendo assim, preparamos um guia completo para que você possa decidir se o investimento no CDB do Banco do Brasil é uma boa opção.

O que é o CDB Banco do Brasil?


A sigla “CDB” significa Certificado de Depósito Bancário e, na prática, representa um título de renda fixa emitido por um determinado banco, onde tanto o prazo quanto a remuneração são definidos no momento do investimento.

Traduzindo para uma linguagem ainda mais fácil, ao investir no CDB do BB você estará emprestando o seu dinheiro para este banco e quando solicitar o resgate, receberá este dinheiro acrescido de uma taxa de juros.

Tipos de CDB do BB


O Banco do Brasil disponibiliza três modalidades de investimento em CDB:

  • BB CDB Pré: é uma aplicação pré-fixada, na qual a rentabilidade é acordada no momento do investimento e não sofre variação com o tempo.
  • BB CDB DI: a remuneração é pós-fixada e dada por um percentual do CDI.
  • BB CDB Estilo: a remuneração é pós-fixada, dada por um percentual do CDI e progressiva com o tempo e com o valor da aplicação.

A diferença entre o CDB DI e o CDB Estilo é justamente a questão da rentabilidade progressiva.

No CDB DI, independente do tempo da aplicação, a sua rentabilidade será dada por um mesmo percentual do CDI.

Já no CDB Estilo, quanto maior o tempo que você permanecer com o dinheiro investido, maior será o percentual do CDI.

Valores para aplicação


Os valores mínimos são diferentes para cada um dos CDBs:

  • BB CDB Pré: R$ 500.
  • BB CDB DI: R$ 500.
  • BB CDB Estilo: R$ 10.000.

Prazos


Os prazos também apresentam variações de acordo com o tipo de CDB selecionado:

  • BB CDB Pré: mínimo de 30 dias e máximo de 120 dias.
  • BB CDB DI: mínimo de 1 dia e máximo de 5 anos.
  • BB CDB Estilo: mínimo de 1 dia e máximo de 5 anos.

Resgate


O CDB Pré só apresenta possibilidade de resgate no vencimento, ou seja, o seu dinheiro fica “preso” até o término do prazo escolhido no momento da aplicação.

Já o CBD DI e o CDB Estilo possuem liquidez diária, ou seja, você pode solicitar o resgate antecipado a qualquer momento.

Este resgate antecipado pode ser parcial ou total, mas em ambos os CDBs você precisa deixar um saldo de pelos menos R$ 500 na aplicação.

Exemplo: O investidor que possui R$ 5.000 aplicados no “CDB DI” poderá solicitar resgate parcial de até R$ 4.500.

Caso deseje resgatar R$ 4.800, o saldo final do CDB seria de apenas R$ 200, ou seja, menor do que o mínimo estipulado de R$ 500. Neste caso, o resgate total de R$ 5.000 é a única alternativa.

Tributação em CDB


Todo investimento em CDB possui a incidência de dois impostos:

  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): aplicável somente nos casos onde o resgate ocorre em prazo inferior a 30 dias.
  • IR (Imposto de Renda): aplicável em todos os casos, ou seja, não existe período mínimo de carência e todos os investidores em CDB sofrem esta taxação. A alíquota é regressiva com o tempo.

O IOF e o IR são recolhidos na fonte, ou seja, o dinheiro que você recebe após o resgate já vem com todas as deduções.

É importante frisar que as alíquotas destes impostos incidem somente sobre o lucro.

Obs.: Para consultar as alíquotas do IOF e demais informações sobre a tributação em CDB, sugerimos acesso à nossa seção sobre impostos.

Resumo do CDB BB


Preparamos uma tabela com o resumo das informações apresentadas até o momento para facilitar a fixação e entendimento das características dos CDB’s do Banco do Brasil.

Rentabilidades


Fizemos uma consulta ao Banco do Brasil em maio de 2017 para simular aplicações nas três modalidades de CDB.

Esta consulta foi realizada via aplicativo do banco, e ressaltamos que foi a pior experiência entre os três bancos que já consultamos até o momento: Itaú, Caixa e BB.

Fica registrada aqui nossa sugestão para a melhoria desta parte do aplicativo do Banco do Brasil.

Seguem as rentabilidades obtidas em nossas simulações:

  • BB CDB Pré: entre 7,8 e 6,8% ao ano (a depender do prazo escolhido).
  • BB CDB DI: 81,5% do CDI, ou seja, 9,0% ao ano.
  • BB CDB Estilo: 82,0% do CDI, ou seja, 9,1% ao ano.

Obs. 1: Para estimar a rentabilidade dos investimentos pós-fixados, utilizamos o atual CDI de 11,13% ao ano. Para valores atualizados do CDI, acessar nossa seção específica sobre o tema.

Obs. 2: Para obter a rentabilidade atualizada e personalizada de acordo com o seu perfil de relacionamento com o banco, sugerimos a consulta direta à sua conta (internet banking) ou ao seu gerente. Estas rentabilidades apresentadas foram simuladas pelos autores deste blog em mai/17 e serão atualizadas anualmente.

Infelizmente, não foi possível simular a progressividade na rentabilidade do CDB Estilo em virtude das limitações do aplicativo.

Comparação: “CDB do Banco do Brasil x Outros Investimentos”


Para  avaliarmos se o CDB do BB pode ser considerado um bom investimento,  faremos confrontos com outras aplicações similares disponíveis no mercado.

Sendo assim, simularemos o rendimento de um investimento de R$ 30.000 pelo prazo de 1 ano (365 dias) nos seguintes produtos:

  • Caderneta de Poupança.
  • Caixa Econômica Federal (CEF): CDB Progressivo.
  • Itaú: CDB Pré.
  • Banco do Brasil: CDB Pré, CDB DI e CDB Estilo.
  • Tesouro Selic.

Abaixo apresentamos um resumo com as rentabilidades líquidas dos sete investimentos mencionados.

Obs. 1: O rendimento adotado para a poupança foi o acumulado dos últimos 12 meses (jun/16 a mai/17).

Obs. 2: Para a simulação dos investimentos pós-fixados foi adotado CDI de 11,13% ao ano. Para consultar valores atualizados, consulte a seção sobre índices econômicos.

Obs. 3: A rentabilidade líquida já considera o desconto da alíquota do IR nos investimentos onde este imposto se aplica. Entretanto, para o Tesouro Selic foi descontada apenas a Taxa da Bovespa de 0,30% a.a. e não foi descontada a taxa paga para o agente de custódia em função desta ser variável de acordo com o banco ou corretora escolhida.

O gráfico a seguir foi elaborado para facilitar ainda mais a comparação entre os investimentos.

Inserimos, também, a variação da inflação (IPCA) dos últimos 12 meses (jun/16 a mai/17): 4,1% ao ano.

Analisando o gráfico, podemos verificar que o investimento em qualquer modalidade do CDB do BB nas condições simuladas perde até mesmo da Poupança, com destaque negativo para a modalidade pré-fixada.

Considerando todos estes fatores, não acreditamos que o investimento em CDB do Banco do Brasil seja uma boa opção uma vez que basta deixar o seu dinheiro na velha conhecida Poupança que a sua rentabilidade será maior.

Entretanto, se você insistir em manter seu dinheiro aplicado em algum CDB do BB, recomendamos a aquisição do “CDB Estilo”, pois além da maior rentabilidade ainda possui liquidez diária.

Simulador do CDB do Banco do Brasil


Para fazer suas próprias simulações, recomendamos o acesso à nossa calculadora de CDB através deste link.

Considerações finais


Vimos neste artigo as principais características do CDB do Banco do Brasil:

  • Investimento mínimo de R$ 500 (CDB Pré e CDB DI) ou R$ 10.000 (CDB Estilo).
  • Prazo mínimo para resgate de 30 dias (CDB Pré) ou 1 dia (CDB DI e CDB Estilo).
  • Prazo máximo de investimento de 4 meses (CDB Pré) ou 5 anos (CDB DI e CDB Estilo).
  • Possibilidade de resgate antecipado (total ou parcial) apenas no CDB DI e CDB Estilo.
  • Rentabilidade pré-fixada (CDB Pré) ou pós-fixada e atrelada ao CDI (CDB DI e CDB Estilo).

Além disso, constatamos que existem investimentos mais interessantes e rentáveis do que a aplicação em CDB do BB.

Portanto, se você pretende iniciar seus investimentos no Banco do Brasil, sugerimos a revisão de seu planejamento financeiro baseado nas informações deste artigo.


Para conhecer as características de outros investimentos nos principais bancos, recomendamos a leitura de nossa série especial sobre o tema:

  • Banco do Brasil: LCI.

Caso você tenha alguma dúvida, elogio ou sugestão, basta deixar seu comentário aqui embaixo, combinado?

Gostou do material? Acha que ele pode ser útil para outras pessoas? Quer nos ajudar na divulgação deste blog? Então, é só compartilhar nossos artigos na timeline do seu Facebook!

Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram

95 respostas

  1. ola gostaria de saber se o dcb di do banco do brasil

    puxa automaticamente da conta corrente?
    e se ele faz debitos automaticos da conta corrente?

    1. Mario, não temos investimento no CDB do Banco do Brasil e por isso não poderíamos te dar uma resposta exata. Nosso conselho é para que você entre em contato diretamente com o banco, seja através do seu gerente ou pelo call center (4004-0001 para capitais e regiões metropolitanas ou 0800-729-0001 para demais localidades).

  2. Parabéns, rapazes! Encontrei aqui o que não achei — mesmo chafurdando muito….– no site do BB… E já decidi, Tesouro direto ainda é melhor que CDB Estilo…

  3. Amei as informações! Tudo o que estava precisando pra ter coragem de deixar de aplicar na poupança.
    Só não entendi sobre o investimento do tesouro

  4. Finalmente um site onde encontrei as respostas que procurava. O Site do BB é demasiado obscuro, praticamente esconde as informações de rentabilidade até que você contrate o produto. Melhor meta análise de informação obtida até agora, e olha que já procurei bastante

    1. Lexblow, você resumiu bem. É impressionante como os bancos parecem querer esconder ao máximo as informações para “enganar” seus correntistas. É uma triste realidade e não é exclusividade do BB. Mas vamos tentar mudar esse quadro. Um abraço e obrigado pela participação!

  5. Poderiam esclarecer-me uma duvida? Se eu fizer um investimento de 30.000 no estilo do bb durante um periodo curto de 1 mes a taxa de 0,9% eu terei um rendimento de 270,00 reais ao final, certo? E deste valor de 270,00 será deduzido o iof e 22,5% do IR?Ou seja, será deduzido dos 270,00 os 22,5% do IR e IOF e somente o restante é que será meu lucro? O IR é 22,5% para qualquer aplicação? Ou tem valores especificos para começar a cobrar o IR?

    1. Tanierlon, você está correto. Os descontos são feitos em cima do lucro apenas, sendo descontado primeiro o IOF e depois o IR. Todas as aplicações em CDB sofrem desconto do IR, independente de valor. Entretanto, a alíquota do imposto de renda é regressiva com o tempo, ou seja, quanto mais tempo fica com o dinheiro, menor será a cobrança. Para conhecer os valores das alíquotas acesse nossa seção sobre impostos, ok?

  6. Boa noite. Acompanho os comentários de vocês e muito me agradou. Há um mês fiz uma aplicação no CDB Estilo e, venho percebendo que a rentabilidade diária é a mesma. Se o CDB é pós fixado, porque a rentabilidade não oscila no dia a dia ? Nas minhas contas, a rentabilidade no mês não foi superior 0,69%. Quase o mesmo da poupança.
    82% do CDI = 11,6% aa, deveria ser próximo de 0,95%. Acho que fui enganado…

    1. João Carlos, será que o saldo que você está verificando já não está considerando o desconto do Imposto de Renda? Para períodos inferiores a 180 dias o desconto é de 22,5% do rendimento.

      Só que mesmo considerando este desconto do IR, ainda era para ter uma rentabilidade um pouco maior.

      O ideal é entrar em contato com seu gerente ou o setor responsável do banco e exigir explicação (talvez a memória de cálculo).

      Acho o atendimento dos grandes bancos péssimo nesta área de investimento, mas se conseguir uma resposta poderia compartilhar conosco?

      Acredito que possa ajudar muitas outras pessoas com o seu relato.

      1. Concordo com você, atendimento péssimo, a gerente se enrolou e não explicou nada. Vou tentar outras fontes e compartilho com os amigos.

        1. João, infelizmente muitas vezes a gerente sabe menos do que nós. Já fui no Santander uma vez para garimpar informações para inserir aqui no blog e foi um verdadeiro “show de horrores”. Eu saí de lá sem entender nada do que ela estava querendo me dizer. Tomara que consiga resolver esta pendência. E ficaremos no aguardo das notícias. Temos muitos leitores que acompanham os comentários e aprendem com as experiências alheias.

  7. Parabéns pela clareza e objetividade nas informações fornecidas. Se os próprios bancos tivessem tutoriais como esse , teriam mais clientes aplicando com mais segurança.

    1. Roberto, nós também ficamos perplexos em perceber como as informações não são transmitidas pelos bancos de forma clara. Lamentável essa situação, mas parece não ser interessante ajudar as pessoas a melhorarem sua educação financeira. Obrigado pelo seu comentário!

  8. Estou trazendo uma resposta à uma pergunta nos comentários. É sobre o percentual do CDI no ato da aplicação que fiz no site. Chequei com muita dificuldade,e vi que foi de 82% do CDI, durante 90 dias, crescente , com prazo de 5 anos. A aplicação foi um CDB ESTILO que alteraram para CDB PARCERIA. Voces acham que foi um péssimo negócio ou está razoável? Desde já agradeço e o BB deve e muito por não ter ninguém para me orientar. Só voces mesmo. Uma boa noite.

    1. Saul, um CDB com taxa de 82% do CDI é muito ruim. Mas não chega a ser um péssimo investimento porque ainda consegue ganhar da poupança. Acredito que na Caixa Econômica você conseguiria taxas mais atraentes. Mas tudo depende do tempo que pretende ficar com esse CDB do Banco do Brasil. De repente, para períodos acima de 2 anos a rentabilidade seja mais favorável.

  9. Olá, gostaria de saber o que fazer, fiz uma aplicação no brasilprev, VGBL. Mas gostaria de resgata-la e colocar no CDB. Fiz e janeiro 2016, já passou os 6 meses e já posso tirar. Quero resgatar, pois soube que quando quizer resgatar vão descontar. Não acho justo colocar numa poupança, e quanto quizer resgatar, retirar menos do que apliquei. OBRIGADA

    1. Sueli,
      Assim como você, não achamos previdência privada um bom investimento. Além das taxas envolvidas (carregamento e administração), o rendimento costuma ser pequeno. Como seu plano é do tipo VGBL, o imposto não será cobrado sobre o valor total. A cobrança é feita somente sobre o que rendeu no período (lucro). Sendo assim, é muito difícil resgatar um valor inferior ao valor do investimento inicial. Contudo, você conseguiria um “lucro” maior se tivesse investido no Tesouro Direto, LCI/LCA ou CDB.

  10. Tenho tirado muitas dúvidas com voces e surgiu mais uma. Fiz uma aplicação no CDB estilo 6a. feira. Hoje fui ver o extrato e constou o nome de CDB parceria. No chat do BB, o atendente disse que seria um nome antigo, o cdb parceria. Achei muito estranho. Por incrível que pareça não consegui falar com ninguém do BB e só me restou recorrer a voces. Esse cdb parceria era o nome do estilo ou seria a mesma coisa, com a segurança do FGC. Sei que é um absurdo essa indagação, mas atualmente o BB só tem o nome. Desde já agradeço, peço escusas e desejo uma boa noite.

    1. Saul, eu não ficaria preocupado com o nome do CDB. Minha sugestão é que você confira se a rentabilidade e o prazo estão de acordo com o que você solicitou no momento da aplicação. Não sei te informar sobre a origem desse nome, pois não fazemos nossos investimentos no Banco do Brasil. Como estamos num período de greve dos bancários, a comunicação com os bancos realmente está prejudicada. Espere essa greve passar e procure o gerente da sua conta para sanar todas estas dúvidas. Mas já posso te adiantar que esse CDB com certeza terá a cobertura do FGC. Além do mais, investindo pelo Banco do Brasil as chances de você precisar recorrer ao FGC são muito remotas. Portanto, pode ficar tranquilo que em termos de segurança você não tem o que temer. Eu só dou esse conselho para conferir com seu gerente a questão da rentabilidade, ok?

      1. Muito obrigado mais uma vez pela resposta rápida, segura e confiante. Só uma colocação: mesmo antes da greve, sempre foi dificil falar com alguém do Banco, ou conta inexistente, ou senha inválida ou todos os atendentes estão ocupados. Mas isso não vem ao caso. Mais uma vez obrigado e bom dia.

        1. Saul, entendemos perfeitamente o seu descontentamento com o atendimento do Banco do Brasil. Já passei por situação parecida na Caixa Econômica. Obrigado pelo seu depoimento. Acreditamos que o compartilhamento de informações pode ajudar outras pessoas em situação semelhante.

  11. Hoje investi no cdb estilo, sem ter informações. Fiquei com receio de não ter feito uma boa opção. Mas depois de ler todas as perguntas e respostas, fiquei mais tranquila e informada. Muito obrigada pelas explicações. Foram bem claras para uma pessoa leiga como eu!!

  12. O único site que menciona a segurança do FGC para o CDB é o Banco Central. Não sei e não li e não há uma posição que todos os tipos de CDB tem a segurança do FGC. Verifiquei e voces sabem bem melhor do que, obviamente, que cada Banco tem um “sobrenome” para o CDB. Esse é o problema.

  13. Complementando minha dúvida nos comentários, em transferir a aplicação para o CDB, em virtude do FGC, não achei nada no BB que explicitamente dissesse que o CDB ESTILO tem a garantia do FGC. Li apenas que o PRÉ E O CDB DI (PÓS), tem a garantia. Não achei nada mostrando que o ESTILO também tenha. Sei que de forma geral o CDB tem a garantia. Voces acham que seria melhor ficar no PÓS? Desd já agradeço sua resposta. Boa noite.

    1. Saul, todos os CDBs possuem a garantia do FGC. Não sei se foi um erro no site, mas aconselho ligar a central de investimento do Banco do Brasil e tirar essa dúvida para ficar 100% seguro. Após esta ligação e confirmação de que todos os CDBs possuem mesmo a cobertura do FGC, eu escolheria aquele com a melhor rentabilidade para o prazo que você pretende ficar com o dinheiro investido.

      1. Desde já obrigado pela resposta. Eu indaguei a tudo e a todos e me afirmaram que o CDB tem a garantia. Mas o por que que no link do CDB estilo não consta, apenas menciona que a aplicação tem a solidez e segurança do BB, ninguém me informou nada. De qualquer forma, vale o que está escrito, portanto devo aplicar no DI PóS. Caso voces tenham algum adendo, seria ótimo para mim. Boa noite e obrigado.

  14. Boa noite. Tenho uma aplicação de fundo de investimento no BB, há 2 meses. Fui saber posteriormente que os fundos não tem a segurança do FGC, se bem que a aplicação é bem menor do que 250 mil. Em razão apenas da segurança do FGC, estou querendo transferir para o CDB DI ou estilo. Ninguém sabe o que poderá acontecer amanhã. Voces acham viável meu pensamento? Desde já muito obrigado.

    1. Saul, boa noite. Acreditamos que o Banco do Brasil é um banco muito sólido, mas realmente os investimentos mais seguros são aqueles com a cobertura do FGC. Então se você está com este receio, o ideal é migrar o seu dinheiro para o CDB. Um abraço!

  15. Muito bom estes artigos, de fácil entendimento, e os comparativos ajudam bastante. Gostaria de ver comparativo com bancos menores relativos a LCI e CDB e saber se a taxa de administração cobrada é sobre o rendimento ou o valor total da aplicação.

    1. Maria Socorro, obrigado pelo seu comentário e pela sugestão. Em relação à taxa de administração, não é comum a cobrança para investimento em LCI e CDB. Geralmente ela é observada em fundos de Renda Fixa e cobrada em cima do valor total da aplicação.

  16. Parabéns pelo Artigo! Como uma vez o Luiz Barsi disse , a gente tem que tomar cuidado pra renda fixa não ser um prejuízo fixo.

    1. Daniel, é sempre bom analisar e comparar antes de fazer um investimento. É claro que não dá para comparar todos os investimentos possíveis, mas é fácil achar Renda Fixa melhor do que no Banco do Brasil. Valeu pelo comentário!

  17. Olá,
    Sobre o CD Pre ou DI do BB, a aplicação inicial é de R$ 500 mas também deve ser aplicado mensalmente esse valor ou qualquer valor?

    1. Raquel, não existe obrigatoriedade de aplicar os valores mensalmente. Você pode aplicar R$ 500 hoje e nunca mais aplicar. Ou aplicar todos os dias, ou aplicar todas as semanas. Você só precisa respeitar o valor mínimo de R$ 500 quando quiser fazer suas aplicações.

  18. Muito instrutivo e proveitoso seu artigo. Estava procurando por informações a respeito do CDB BB, como rentabilidade e tributações, e procurei primeiramente no próprio site da instituição sem encontrar o que queria. Muito bom seu site, contribuiu para clarear minhas idéias.

    1. Daniel, nossa ideia é tentar descomplicar o assunto. Muita vezes também sentimos dificuldades em obter as informações junto aos bancos e tivemos a ideia de fazer esta série para facilitar o entendimento. Obrigado pelo seu comentário.

    1. Pablo, no caso específico do Banco do Brasil, acreditamos que existam outras opções mais interessantes para o curto prazo. Mas de maneira geral, um CDB pode ter ótima rentabilidade para o período de 1 a 2 anos. Precisa analisar caso a caso para decidir qual o melhor investimento para o seu perfil.

Faça um comentário

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS!

Publicidade

Procure o tema do seu interesse

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência neste site e personalizar publicidade. Ao continuar navegando, você concorda com isso.