Argentina anuncia estatização do Grupo Vicentin

Na segunda-feira, 08, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou a estatização do Grupo Vicentin, que é considerado um dos maiores exportadores de óleo de soja do mundo. Vale lembrar que no dia 10 de fevereiro, a empresa entrou em recuperação judicial informando que não teria como pagar cerca de US$ 350 milhões devidos a fornecedores.

A estatização será aprovada através de um Decreto de Necessidade e Urgência (DNU). E segundo o presidente do País, esta é uma decisão estratégica para a economia local e que a medida foi tomada porque eles consideram a produção agrícola de grande relevância.

Além disso, um projeto de lei deverá ser enviado ao parlamento argentino expropriando todos os ativos do Grupo Vicentin e transferindo os mesmos ao Fundo Fiduciário Agro Argentina, onde o credor será a YPF Agro, grupo esse que o presidente da Argentina afirmou ter um enorme reconhecimento de que pode assumir a futura administração da empresa.

A falência do Grupo Vicentin irá afetar cerca de 2.600 produtores, sendo que o principal credor é o Banco Nación.

O presidente da Sociedade Rural Argentina, Daniel Pelegrina, declarou as mídias locais que vê com “grande preocupação” a estatização do Grupo Vicentin. Segundo ele, a história mostra que as intervenções do Estado no comércio de grãos, em particular e nos mercados agrícolas em geral, sempre criaram distorções graves, o que acabou causando problemas mais sérios do que aqueles que deveriam ser resolvidos.

Leia também:


Gostou da nossa matéria? Para ficar sempre atualizado, siga nossas Redes Sociais: Facebook, TwitterInstagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.