Financiamento imobiliário como garantia para empréstimos

O Banco Central (BC) estuda autorizar o uso do financiamento imobiliário como garantia para a obtenção de mais um empréstimo bancário. A medida é para minimizar os impactos financeiros devido a pandemia do coronavírus.

De acordo com o BC, quem já possui um imóvel financiado e já pagou uma boa parte do imóvel, vai conseguir pegar parte do que já foi pago de volta. As taxas de juros cobradas serão as mesmas utilizadas no financiamento do imóvel.

Juros

Ao que tudo indica, refinanciar o valor do imóvel deverá sair mais barato em relação a solicitação de um novo empréstimo.

Hoje, um empréstimo pessoal possui taxas médias de até 250% ao ano. Já os financiamentos costumam ter juros muito menores, normalmente de 9% a 9,5% ao ano.

O BC anunciou que basicamente o cliente terá a oportunidade de ir ao banco e dizer que, dos R$ 400 mil que já pagou, quer pegar R$ 200 mil de volta.

De acordo com o BC, serão liberados R$ 60 bilhões em crédito aos brasileiros. Porém, a medida ainda não foi regulamentada pelo governo e por isso é preciso aguardar novas informações.

Leia também:


Gostou da nossa matéria? Para ficar sempre atualizado, siga nossas Redes Sociais: Facebook, TwitterInstagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.