CDB do Banco Daycoval é um bom investimento?

Nos últimos anos pudemos perceber a maior conscientização de uma parcela da população brasileira e investimentos em LCI e CDB passaram a se tornar comuns para aqueles que desejavam rentabilidades mais elevadas do que a Poupança.

Entretanto, as recentes quedas na Taxa Selic ligaram o alerta de muitos investidores conservadores que viram as rentabilidades dos produtos de Renda Fixa em grandes bancos despencarem.

Como vivemos na era da internet e da informação, os investidores passaram a enxergar com bons olhos as aplicações financeiras em bancos de médio porte, pois as rentabilidades são muito mais atraentes do que nos bancos tradicionais.

Contudo, é importante analisar de forma cuidadosa as características e o histórico dos resultados do banco selecionado para aplicar o seu dinheiro.

Dentro deste contexto, a intenção deste artigo é analisar se o investimento em CDB do Banco Daycoval pode ser considerado uma boa alternativa mesmo em cenários de quedas na Taxa Selic.

banco_daycoval_cdb_logo oficial



O que é CDB?


Muitos investem em CDB, mas sequer entendem o significado desta aplicação financeira.

É importante ter conhecimento de que a sigla “CDB” significa “Certificado de Depósito Bancário” e, em termos práticos, representa um título de Renda Fixa emitido por um banco com rentabilidades e prazos acordados no momento da aplicação.

Traduzindo para uma linguagem de mais fácil entendimento, ao aplicar dinheiro no CDB do Banco Daycoval você estará emprestando o seu dinheiro para este banco e receberá futuramente este dinheiro acrescido de uma taxa de juros.

Valores para aplicação


O valor mínimo para aplicar no CDB do Banco Daycoval é de R$ 1.000 (mil reais).

Prazos


Existem várias opções de prazos para investimento no CDB do Banco Daycoval, mas lembramos que o período máximo é de 1.800 dias (5 anos).

O Daycoval oferece também CDB com liquidez diária, ou seja, você pode sacar o seu dinheiro a qualquer momento.

Portanto, os prazos de vencimento da sua aplicação podem variar de 1 a 1.800 dias.

Resgate


Caso você não escolha o CDB com liquidez diária, terá que aguardar o prazo de vencimento da aplicação para fazer o resgate.

Por exemplo, suponhamos que você invista R$ 5.000 no CDB e escolha o prazo de vencimento para 100 dias.

Neste caso, você precisará esperar exatamente os 100 dias para fazer o resgate do dinheiro acrescido dos juros do período.

Portanto, caso você tenha dúvidas se poderá aguardar prazos mais longos até receber o dinheiro de volta, aconselhamos escolher um prazo mais curto ou investir no CDB com liquidez diária.

Rentabilidades


O CDB do Banco Daycoval oferece tanto a possibilidade de investimentos pré-fixados quanto pós-fixados utilizando como indexador o CDI.

Ressaltamos que as rentabilidades oferecidas variam de acordo com o prazo de vencimento selecionado.

Fizemos uma consulta ao site do banco, em agosto de 2017, e encontramos as seguintes informações:

cdb banco daycoval rentabilidade

Obs.: Para atualização das taxas e prazos, sugerimos o acesso direto ao site do Banco Daycoval através do seguinte link: https://daycovalinveste.com.br/produtos/cdb

Nos chamou a atenção o CDB com liquidez diária e rentabilidade de 103% do CDI.

Monitoramos de perto o Banco Daycoval e já tínhamos percebido outras “ofertas” parecidas com esta, mas geralmente é sempre por um período curto.

Desta vez, o Daycoval informa que esta taxa de 103% do CDI para CDB com liquidez diária estará disponível até o final de agosto e exige uma aplicação mínima de R$ 30.000.

É uma boa oportunidade para ganhar remuneração um pouco mais elevada do que o Tesouro Selic com a flexibilidade de ter a mesma liquidez deste título público.

cdb banco daycoval 103% do CDI

Tributação


É importante ressaltar que todo investimento em CDB possui a incidência de dois impostos, a saber:

  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): aplicável somente nos casos onde o resgate ocorre em prazo inferior a 30 dias.

 

  • IR (Imposto de Renda): aplicável em todos os casos, ou seja, não existe período mínimo de carência e todos os investidores em CDB sofrem esta taxação. A alíquota é regressiva com o tempo de acordo com a tabela abaixo:

Imposto de Renda CDB

O IOF e o IR são recolhidos na fonte, ou seja, o dinheiro que você recebe após o resgate já vem com todas as deduções e você não precisa se preocupar em gerar guias para fazer o pagamento destes impostos.

De forma mais simples, o pagamento destes impostos é feito automaticamente no momento do resgate do seu dinheiro e você não precisa tomar nenhuma ação para regularizar sua situação.

É importante frisar que as alíquotas destes impostos incidem somente sobre o lucro do seu investimento.

Obs.: Para consultar as alíquotas do IOF e demais informações sobre a tributação em CDB, sugerimos acesso à nossa seção sobre impostos.

Comparação com outros investimentos


Para sabermos se o CDB do Daycoval é realmente um bom investimento, acreditamos ser fundamental realizarmos uma comparação com outras aplicações de Renda Fixa.

Para isto, simularemos dois cenários, sendo o primeiro considerando a Taxa Selic vigente no início de agosto de 2017 e o segundo cenário considerando a Taxa Selic prevista para o final de 2017 pelo Boletim Focus.

A simulação será feita considerando o período de um ano (365 dias) e o investimento no CDB pós-fixado do Banco Daycoval, ou seja, rentabilidade de 105% do CDI.

Faremos as comparações com aplicações na Caderneta de Poupança, CDB do Banco do Brasil, CDB da Caixa Econômica Federal e Tesouro Direto (Tesouro Selic).

  • Primeiro cenário

Este cenário utilizará as taxas vigentes no momento da elaboração deste artigo (ago/17):

  • Taxa Selic: 9,25% a.a.
  • CDI: 9,14% a.a.

Rentabilidades das aplicações a serem comparadas:

  • CDB do Banco Daycoval: 105% do CDI
  • Caderneta de Poupança: 7,7% a.a.
  • CDB do Banco do Brasil: 82% do CDI
  • CDB da Caixa Econômica Federal: 86% do CDI
  • Tesouro Selic: 100% da Taxa Selic

Aplicando a Taxa Selic de 9,25% a.a. e o CDI de 9,14% a.a., teremos as seguintes rentabilidades líquidas em cada aplicação:

rentabilidade atual do cdb do daycoval

Obs.: Para encontrar a rentabilidade líquida do Tesouro Selic, foi descontado além do Imposto de Renda na alíquota de 17,5% a taxa de custódia paga para a Bovespa (B3) de 0,30% a.a. Nos demais investimentos em CDB foram descontados apenas a alíquota do IR e na Poupança não houve nenhum desconto.

Podemos perceber que para o atual cenário, o CDB do Daycoval é o melhor investimento dentre aqueles analisados.

A Poupança que foi um dos piores investimentos em 2015 e 2016 parece ter retomado força e ganha do Tesouro Selic neste cenário, certo?

Esta é uma situação momentânea e mostraremos no cenário seguinte como a expectativa do futuro da Poupança é ruim para 2018.

O destaque negativo fica por conta dos investimentos em CDBs dos grandes bancos que estão oferecendo taxas vergonhosas em seus produtos de Renda Fixa.

Para fazer a simulação deste cenário, fizemos uma varredura nas 3 corretoras independentes monitoradas por este blog, mas não encontramos nenhum CDB de banco de médio porte confiável remunerando acima de 105% do CDI para o período de 1 ano.

Na XP Investimentos encontramos taxas próximas, mas com necessidade de investimento mínimo inicial de R$ 5.000, ou seja, bem superior ao mínimo solicitado pelo Daycoval de R$ 1.000.

  • Segundo cenário

Este cenário utilizará as taxas previstas pelo mercado (Boletim Focus) para o final de 2017:

  • Taxa Selic: 8,00% a.a.
  • CDI: 7,85% a.a.

Portanto, este é um cenário que vem tirando o sono de muitos investidores da Renda Fixa e a principal pergunta é: com a Taxa Selic baixa, ainda será atrativo investir em LCI e/ou CDB?

É importante ter a noção de que se a Taxa Selic cair para valores abaixo de 8,50% a.a., a rentabilidade da Poupança é alterada e passa a ter a seguinte fórmula:

70% da Taxa Selic + TR

A TR ou “Taxa Referencial” provavelmente ficará próxima de 0% em um cenário de Taxa Selic abaixo de 8,50, mas iremos considerar que ela fique em 0,20% a.a. para sermos conservadores.

Sendo assim, a rentabilidade da Poupança neste cenário passaria a ser de:

70% de 8,00% + 0,20% = 5,8% a.a.

Percebam que este valor é bem inferior à atual rentabilidade de 7,7% a.a.

Após estas considerações, vamos novamente realizar a comparação das aplicações financeiras anteriores, alterando apenas a rentabilidade da famosa Caderneta de Poupança:

  • CDB do Banco Daycoval: 105% do CDI
  • Caderneta de Poupança: 5,8% a.a.
  • CDB do Banco do Brasil: 82% do CDI
  • CDB da Caixa Econômica Federal: 86% do CDI
  • Tesouro Selic: 100% da Taxa Selic

Aplicando a Taxa Selic de 8,00% a.a. e o CDI de 7,85% a.a., teremos as seguintes rentabilidades líquidas em cada investimento:

rentabilidade futura do cdb do daycoval

Sendo assim, é possível perceber que num cenário de Taxa Selic baixa o investimento no CDB do Banco Daycoval continua sendo uma boa alternativa.

O destaque negativo novamente vai para os investimentos nos grandes bancos que permanecem menos atrativos até do que a Caderneta de Poupança.


Se você conhece o guia onde detalhamos nossa estratégia de investimentos em Renda Fixa já foi apresentado ao Banco Daycoval e sabe como fazemos para maximizar nossos lucros e minimizar os riscos.

Simulador do CDB Daycoval


Para fazer suas próprias simulações do CDB do Banco Daycoval, recomendamos que acesse o nosso artigo completo sobre o investimento em CDB. Lá, você poderá usar a nossa calculadora de CBD (link aqui)

É seguro investir no Banco Daycoval?


O principal medo dos investidores em Renda Fixa é a falência do banco no qual ele realizou suas aplicações.

Entretanto, é importante ressaltar que os investimentos em CDB possuem um seguro grátis e automático chamado de “FGC” ou “Fundo Garantidor de Créditos”.

O limite máximo garantido pelo FGC é de R$ 250.000 e além de assegura o investimento inicial os rendimentos obtidos até a decretação da falência do banco também são cobertos por este fundo, desde que não ultrapassem o limite máximo de R$ 250.000.

Obs.1: O prazo médio para o início do pagamento do FGC após a falência do banco é de 3 meses. O histórico contendo todos os casos onde o FGC precisou socorrer investidores pode ser acessado aqui em nosso blog.

Obs.2: Se você ainda não conhece o funcionamento do FGC, te convidamos a ler nosso artigo completo sobre este seguro.

Apesar dos investimentos em CDB possuírem esta garantia do FGC, consideramos interessante analisar também a saúde financeira dos bancos para minimizar as chances de pedirmos socorro ao FGC.

Desta forma, apresentaremos a seguir o histórico dos resultados do Daycoval desde 2014, onde é possível verificar que nos últimos anos o banco sempre apresentou lucro:

lucro banco daycoval

Fonte: Banco Central.

Para os investidores que se interessam também por conhecer a classificação dada pelas agências de rating, trazemos as informações abaixo:

banco daycoval rating

Se você não está familiarizado com as notas das agências de rating, saiba que, basicamente, existem duas classificações: grau de investimento e grau especulativo.

Para te ajudar a entender, preparamos a figura abaixo onde é possível verificar todas as possíveis notas destas agências e constatar que as notas do Daycoval são de qualidade alta.

Portanto, este banco apresenta baixo risco de calote na visão das três maiores agências mundiais.

moodys-fitch-sp-rating-nota

Como investir no CDB do Banco Daycoval?


Para aplicar no CDB do Banco Daycoval é necessária a abertura de uma conta na plataforma de investimentos deste banco: Daycoval Investe (clique aqui para conhecer).

Além da possibilidade de abertura de conta no site deste banco, recentemente foi lançado o aplicativo “Daycoval Abre Conta”, facilitando ainda mais o procedimento para iniciar os investimentos no banco.

daycoval abre conta app

É importante ressaltar que a conta no Daycoval Investe é exclusiva para a realização de investimentos. Por isso, ela é isenta de tarifas, não possui taxa de corretagem e nem cobrança de custódia.

Considerações Finais


Aprendemos neste artigo as principais características do CDB do Banco Daycoval:

  • Investimento mínimo de R$ 1.000.
  • Prazo mínimo para resgate de 1 dia (liquidez diária) e máximo de 1.800 dias (5 anos).
  • Rentabilidades pré-fixadas ou pós-fixadas e atrelada ao CDI.
  • Garantia do FGC de até R$ 250.000.

Verificamos, também, que o investimento no CDB do Banco Daycoval apresenta-se como uma boa opção mesmo em um cenário de Taxa Selic em queda, diferentemente das aplicações em CDBs de grandes bancos como Caixa Econômica e Banco do Brasil.

Apresentamos o histórico dos resultados positivos deste banco e as notas dadas pelas principais agências de rating.

Portanto, esperamos que as informações apresentadas neste artigo tenham sido suficientes para você decidir se o CDB do Banco Daycoval é um bom investimento!

Se quiser informações sobre a LCI do Daycoval, acesse nosso artigo contendo uma análise específica desta modalidade de investimento no banco.


Caso tenha alguma experiência com esse banco, dúvidas ou elogios, basta deixar seu comentário aqui embaixo. Teremos o maior prazer em responder sua mensagem!

Comente Abaixo:




Veja Também:

Geru Empréstimo Online Aprenda tudo sobre o empréstimo da Geru. Veja taxas de juros, vantagens, desvantagens e comparativo com diversas outras empresas. Não contrate seu empréstimo antes de ler nossa análise!
CDB ou LCI da Caixa? Qual o melhor investimento? Aprenda a comparar o investimento em CDB ou LCI e faça a escolha mais rentável para o aumento do seu patrimônio financeiro.
LCI: aprenda tudo, use nosso simulador e aumente seus lucros! Aprenda o que é LCI e todas as características deste investimento. Saiba como conseguir os melhores rendimentos e utilize nosso simulador.

CDB do Santander: solução ou cilada para seu investimento?

Após analisarmos a LCI do Banco Santander, recebemos inúmeros pedidos para que fizéssemos também a análise do CDB do Santander.

cdb santander

Sendo assim, apresentaremos neste artigo as principais características desta aplicação e faremos um breve comparativo com outras opções de investimento em bancos de grande porte.




O que é CDB?


CDB significa “Certificado de Depósito Bancário” e ao lado da LCI é um dos mais famosos investimentos em Renda Fixa.

O investidor que desejar aplicar seu dinheiro em CDB deve estar ciente de que estará emprestando dinheiro ao banco para receber no futuro este dinheiro acrescido de juros (rentabilidade).

Tanto o prazo do investimento quanto a rentabilidade (pré ou pós-fixada) são definidos no momento da aplicação.

Tipos de CDB do Santander


O Santander oferece a seus clientes cinco opções para investimento em CDB, a saber:

  • CDB Pré-fixado: como o próprio nome indica é uma aplicação com rentabilidade pré-fixada, na qual a rentabilidade é definida no momento da aplicação e não varia com o tempo.
  • CDB DI: apresenta rentabilidade pós-fixada e atrelada ao CDI.
  • CDB Recompensa: rentabilidade pós-fixada (CDI) e progressiva com o tempo.
  • CDB Recompensa Fácil: rentabilidade pós-fixada (CDI) e progressiva com o tempo.
  • CDB Recompensa Mais: rentabilidade pós-fixada (CDI) e progressiva com o tempo.

A diferença entre o “CDB DI” e os três “CDB’s Recompensa” está justamente na questão da progressividade da rentabilidade.

No “CDB DI”, independente do prazo da aplicação, a rentabilidade do seu investimento será dada sempre por um mesmo percentual do CDI definido no momento da aplicação.

Já nos “CDB’s Recompensa”, o cliente é premiado por manter o seu dinheiro investido por um período de tempo maior. Ou seja, a rentabilidade é progressiva com o tempo.

Desta forma, se você resgatar o seu “CDB Recompensa” após 3 anos, a rentabilidade será dada por um percentual maior do CDI em comparação ao resgate efetuado após apenas 6 meses.

Em contrapartida, no “CDB DI” não existe diferença se você resgatar o investimento após 3 anos ou 6 meses, uma vez que você receberá como remuneração o mesmo percentual do CDI acordado no momento da aplicação.

Valores para aplicação


Os investimentos mínimos nas cinco opções de CDB do Santander são:

  • CDB Pré-fixado: R$ 1.000 (mil reais).
  • CDB DI: R$ 500 (quinhentos reais).
  • CDB Recompensa: R$ 10.000 (dez mil reais).
  • CDB Recompensa Fácil: R$ 1.000 (mil reais)
  • CDB Recompensa Mais: R$ 100.000 (cem mil reais).

Como falado anteriormente, as 3 opções de “CDB Recompensa” apresentam a mesma lógica de remuneração progressiva com o tempo.

Entretanto, a diferença entre estes CDB’s está justamente nos valores mínimos necessários para as aplicações.

Prazos de aplicação


Os prazos também apresentam variação de acordo com a modalidade de CDB escolhida:

  • CDB Pré-fixado: prazo fixo de 1 ano.
  • CDB DI, CDB Recompensa, CDB Recompensa Fácil e CDB Recompensa Mais: prazo mínimo de 1 dia e máximo de 4 anos.

Resgate


Em princípio, a única opção que não permite o resgate antecipado é o “CDB Pré-fixado”, pois o Santander informa que o resgate só poderá ocorrer no vencimento da aplicação.

Entretanto, o site do Santander abre uma brecha para a possibilidade do cliente conseguir o resgate antecipado até nesta modalidade de CDB com a seguinte observação:

“Resgates antes do vencimento poderão ser realizados a critério do banco e estarão sujeitos à taxa de mercado do momento do resgate.”

Desta forma, caso você queira efetuar um resgate antecipado no “CDB Pré-fixado”, será necessário procurar o gerente e, provavelmente, acontecerá uma redução na taxa de rentabilidade acordada inicialmente.

Nas demais modalidades de CDB do Santander a liquidez é diária, ou seja, o resgate pode ser feito a qualquer momento sem a necessidade de negociação com o gerente.

Este resgate antecipado pode ser parcial ou total.

Entretanto, devem ser respeitados valores mínimos para resgates parciais, variando conforme o tipo de CDB:

  • CDB DI: R$ 100 (cem reais).
  • CDB Recompensa: R$ 100 (cem reais).
  • CDB Recompensa Fácil: R$ 100 (cem reais).
  • CDB Recompensa Mais: R$ 1.000 (mil reais).

Disponibilidade


A aplicação em CDB do Santander está disponível para todos os correntistas do banco.

santander cdb

Tributação em CDB


Todos os investimentos em CDB estão sujeitos à incidência de dois impostos, a saber:

  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): aplicado quando o resgate do CDB ocorre em período inferior a 30 dias.
  • IR (Imposto de Renda): aplicado em todos os casos, ou seja, não há carência mínima de tempo como no IOF. A alíquota deste imposto é regressiva com o tempo, conforme tabela abaixo:

Imposto de Renda CDB

O IOF e o IR são recolhidos na fonte (o dinheiro que você resgata já possui todos os descontos) e incidem somente sobre o lucro da sua aplicação financeira.

Obs.: Para consultar as alíquotas do IOF e demais informações sobre tributação em CDB, recomendamos o acesso à nossa seção sobre impostos.

Resumo do CDB Santander


Para ajudar na fixação das principais características dos diversos tipos de CDB do Santander preparamos a tabela abaixo:

CDB do Santander

Rentabilidades


O site do Banco Santander não apresenta as informações sobre as rentabilidades de cada uma das opções de CDB.

Ligamos para a central de atendimento do Santander, através dos telefones 4004-3535 ou 0800-702-3535, e o setor de investimento nos comunicou que as rentabilidades só podem ser informadas para os correntistas do banco, pois dependem dos valores a serem aplicados e dos prazos de vencimento.

Traduzindo para uma linguagem mais clara: quanto mais dinheiro você tiver e maior o tempo que ficar com este dinheiro no Santander, maiores serão as rentabilidades do seu investimento.

Simulador do CDB Santander


Para fazer a simulação do seu CDB, recomendamos o acesso ao nosso simulador de CDB através deste link.

E como saber se a rentabilidade oferecida é boa?


Para ter certeza se as rentabilidades oferecidas pelo Banco Santander são atrativas, é indispensável que você saiba quais são as rentabilidades oferecidas pelos outros bancos de grande porte que atuam no Brasil.

Desta forma, preparamos uma tabela com as principais características e rentabilidades dos CDB’s oferecidos pela Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e Itaú.

cdb santander comparativo

Obs.: Para obter a rentabilidade atualizada e personalizada de acordo com o seu perfil de relacionamento com os bancos, sugerimos a consulta direta à sua conta (internet banking) ou ao seu gerente. Estas rentabilidades apresentadas foram simuladas pelos autores deste blog em jun/16 e serão atualizadas semestralmente.

Analisando a tabela acima, podemos perceber que o “CDB Recompensa Mais” do Santander é o investimento com a maior necessidade de aporte de recursos (cem mil reais).

Sendo assim, provavelmente este CDB é o que oferece a maior rentabilidade dentro do Banco Santander e o cliente deve comparar esta rentabilidade com os investimentos mais acessíveis dos outros bancos antes de decidir onde aplicar o seu dinheiro.

Como a maior parcela da população não dispõe de quantia tão elevada para investir, recomendamos que também fiquem atentos às rentabilidades oferecidas nas outras modalidades de CDB do Banco Santander.

Desta forma, julgamos essencial a consulta a esta tabela antes de aceitar as rentabilidades oferecidas pelo seu gerente. Fazendo isto, você aumenta as possibilidades de fazer um bom investimento.


Se você está em busca de investimentos mais rentáveis e com a mesma segurança, preparamos um material contendo a nossa estratégia de investimento e detalhando toda a nossa carteira. Você saberá exatamente onde fazemos nossas aplicações visando maximizar os lucros e os mecanismos que utilizamos para minimizar os riscos.

Não perca a oportunidade e conheça o nosso guia!


Considerações finais


Conhecemos neste artigo as principais características do CDB do Santander:

  • Investimento mínimo de R$ 500 (CDB DI).
  • Liquidez diária nos CDB’s pós-fixados (CDB DI, CDB Recompensa, CDB Recompensa Fácil e CDB Recompensa Mais)
  • Prazo máximo de investimento de 4 anos.
  • Possibilidade de resgate antecipado (total ou parcial) nos CDB’s pós-fixados.
  • Rentabilidade pré-fixada ou pós-fixada (atrelada ao CDI) variáveis de acordo com o tempo e valores disponíveis para investir.

Abaixo segue print do site do Santander onde é possível ver um resumo de todas as características dos CDB’s oferecidos por este banco.

CDB Santander Resumo


Para conhecer as características de outros investimentos nos principais bancos, recomendamos a leitura da nossa série especial sobre o tema:

  • Santander: LCI.

Caso tenha alguma dúvida, elogio ou sugestão, basta deixar seu comentário aqui embaixo, combinado?

Gostou do material? Que tal se cadastrar gratuitamente em nosso blog e receber via e-mail artigos que podem ajudar a melhorar a sua educação financeira?

Deixe seu comentário:




Veja Também:

Atualizar Boleto do Banco do Brasil Atualize o seu boleto do Banco do Brasil e emita a segunda via para pagamento de forma simples e rápida. Chega de perder tempo!
Geru Empréstimo Online Aprenda tudo sobre o empréstimo da Geru. Veja taxas de juros, vantagens, desvantagens e comparativo com diversas outras empresas. Não contrate seu empréstimo antes de ler nossa análise!
Qual o seu perfil de investidor? Conhecer o seu perfil de investidor é importante para minimizar as chances de fracasso dos seus investimentos, seja em Renda Fixa ou Variável.

CDB do Bradesco é um bom investimento?

Feita a análise da LCI e LCA do Banco Bradesco, chegou a vez de analisarmos um dos produtos financeiros mais procurados deste banco: o CDB do Bradesco.

cdb bradesco

Neste artigo, você conhecerá as principais características deste investimento.

Com o intuito de te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de aplicar seu dinheiro, faremos um comparativo do CDB do Bradesco com outros investimentos similares da Renda Fixa que estão disponíveis no mercado.




O que é CDB?


O “Certificado de Depósito Bancário” ou simplesmente CDB é um título de renda fixa emitido exclusivamente por bancos.

Para facilitar o entendimento neste caso, ao investir no CDB do Bradesco você emprestará o seu dinheiro para este banco e, em troca, receberá este dinheiro acrescido de uma taxa de juros (chamada de remuneração ou rentabilidade) ao final da aplicação.

Tipos de CDB do Bradesco


O Bradesco disponibiliza aos seus clientes três modalidades para investimento em CDB, a saber:

  • CDB Prefixado: como o próprio nome indica é um investimento com rentabilidade pré-fixada, na qual a taxa é acordada no momento do investimento e não sofre variação com o tempo.
  • CDB Fácil: a rentabilidade é pós-fixada e dada por um percentual do CDI.
  • CDB Fidelidade: a remuneração também é pós-fixada, dada por um percentual do CDI e progressiva com o tempo.

A diferença entre o “CDB Fácil” e o “CDB Fidelidade” é justamente a questão da rentabilidade progressiva.

No “CDB Fácil”, independente do prazo do investimento, a rentabilidade do seu investimento será dada por um mesmo percentual do CDI.

Já no “CDB Fidelidade”, o cliente é premiado por manter o seu dinheiro aplicado por mais tempo. Sendo assim, a rentabilidade aumenta com o prazo que o seu dinheiro fica aplicado neste CDB.

Ou seja, no “CDB Fidelidade”, caso você resgate o dinheiro em um prazo de 3 anos, a rentabilidade será maior do que se o resgate for efetuado com apenas 1 ano.

Por outro lado, no “CDB Fácil” tanto faz se você efetuar o resgate com 1 ou 3 anos, pois a rentabilidade será igual.

Valores para aplicação


Em todas as três modalidades de CDB o investimento mínimo é igual a R$ 2.000 (dois mil reais).

Prazos


Os prazos variam de acordo com o tipo de CDB escolhido para investir:

  • CDB Prefixado: prazo mínimo de 30 dias e prazo máximo a ser negociado com o gerente.
  • CDB Fácil: prazo mínimo de 30 dias e prazo máximo de 1.080 dias (3 anos).
  • CDB Fidelidade: prazo mínimo de 1 dia e prazo máximo de 1.080 dias (3 anos).

Resgate


Em princípio, a única modalidade que não permite o resgate antecipado é o “CDB Prefixado”, pois o Bradesco informa que o resgate só poderá ser realizado no vencimento da aplicação.

Entretanto, o site do Bradesco abre uma brecha para resgate antecipado neste tipo de CDB ao informar que “resgates antecipados necessitam de consulta prévia” e que nestes casos as “taxas são renegociadas com o gerente”, conforme print abaixo retirado do próprio site do banco.

cdb prefixado resgate

Desta forma, caso você deseje realizar um resgate antecipado no “CDB Prefixado”, será necessário procurar o seu gerente e, provavelmente, haverá uma diminuição da taxa de rentabilidade acordada inicialmente.

Caso você consiga efetuar este resgate antecipado no “CDB Prefixado”, ele deverá ser total.

Ou seja, se você tem R$ 5.000 aplicados e deseja resgatar apenas R$ 3.000, saiba que não será possível e você deverá sacar todo o valor (neste caso, R$ 5.000).

No “CDB Fácil” e “CDB Fidelidade” já existe a previsão de resgate antecipado sem a necessidade de renegociação de taxas com o gerente da sua conta.

No “CDB Fácil” o resgate antecipado pode ser solicitado após o prazo mínimo de 30 dias.

No “CDB Fidelidade” não há prazo mínimo e o investimento possui, portanto, liquidez diária.

Diferentemente do “CDB Prefixado”, onde o resgate antecipado precisava ser obrigatoriamente total, nestas duas modalidades o resgate antecipado pode ser total ou parcial.

Além dos prazos mencionados acima, as únicas regras para o resgate antecipado do “CDB Fácil” e “CDB Fidelidade” são:

  • Resgate parcial mínimo de R$ 100.
  • Saldo mínimo na aplicação de R$ 100.

Exemplo: O investidor que possui R$ 3.000 aplicados no “CDB Fácil” poderá solicitar resgate parcial de R$ 100 até R$ 2.900. Se quiser resgatar R$ 2.950, o saldo final do CDB seria de R$ 50, ou seja, inferior ao mínimo de R$ 100, e, neste caso, deveria solicitar o resgate total de R$ 3.000.

Disponibilidade


O investimento em CDB do Bradesco está disponível para todos os correntistas do banco e pode ser realizado nos dias úteis em qualquer um dos canais de atendimento, internet banking ou agências.

Tributação em CDB


Qualquer investimento em CDB está sujeito à incidência de dois impostos:

  • Imposto sobre Operações Financeiras” ou “IOF“: aplicável somente quando o resgate da aplicação financeira ocorre num período inferior a 30 dias.
  • Imposto de Renda” ou “IR“: não existe carência mínima de tempo e todas as aplicações em CDB sofrem esta tributação. A alíquota é regressiva com o tempo:

Imposto de Renda CDB

Tanto o IR quanto o IOF (quando aplicável) são recolhidos na fonte, ou seja, o dinheiro recebido no resgate do investimento já possui todas as deduções.

É interessante ressaltar que as alíquotas destes dois impostos incidem somente sobre o lucro do seu investimento.

Obs.: Para conhecer as alíquotas do IOF e outras informações sobre tributação em CDB, aconselhamos o acesso à nossa seção sobre impostos.

Resumo do CDB Bradesco


Para facilitar a assimilação das informações apresentadas até aqui preparamos a tabela abaixo com o resumo das principais características do CDB do Bradesco:

cdb do bradesco resumo

Rentabilidades


O site do Banco Bradesco não informa qual a taxa pré-fixada e nem qual percentual do CDI é utilizado para a remuneração das suas modalidades de CDB.

Após ligar para o SAC do Bradesco (0800-704-8383) em busca destas rentabilidades fomos encaminhados para falar com o setor de investimentos do banco (4020-1414 para capitais ou 0800-704-1414 para demais localidades).

Entretanto, não conseguimos descobrir as rentabilidades dos CDB’s do Bradesco em nenhum destes canais de atendimento.

As únicas informações que obtivemos foram:

  • A negociação da rentabilidade deve ser feita diretamente com o gerente da conta.
  • A rentabilidade proposta varia de acordo com o perfil e relacionamento do correntista com o Bradesco.

Ou seja, de forma mais clara: quanto maior for a sua disponibilidade de recursos e quanto maiores forem os produtos que você já possui no Bradesco, maiores serão as chances de conseguir uma boa rentabilidade.

Simulador do CDB Bradesco


Para fazer a simulação do seu CDB, recomendamos o acesso ao nosso simulador de CDB.

E como saber se a rentabilidade oferecida é boa?


Para saber se as rentabilidades dos CDB’s do Bradesco são realmente boas, é importante que você tenha uma noção das rentabilidades oferecidas por outros bancos.

Sendo assim, apresentamos as rentabilidades e as principais características dos investimentos em CDB na Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e Itaú.

CDB bradesco comparativo

Obs.: Para obter a rentabilidade atualizada e personalizada de acordo com o seu perfil de relacionamento com os bancos, sugerimos a consulta direta à sua conta (internet banking) ou ao seu gerente. Estas rentabilidades apresentadas foram simuladas pelos autores deste blog em jun/16 e serão atualizadas semestralmente.

Pela análise da tabela acima, é fácil perceber que uma desvantagem do CDB do Bradesco é o valor mínimo necessário para investimento, já que é o maior dentre todos os bancos analisados.

O destaque positivo vai para os CDB’s da Caixa que apresentaram as maiores rentabilidades tanto na modalidade pré-fixada (12,7% ao ano) quanto na pós-fixada (94% do CDI).

Sendo assim, consideramos importante que você consulte a tabela acima antes de iniciar a negociação da rentabilidade com o seu gerente. Tomando este cuidado, você minimizará a possibilidade de fazer um péssimo negócio com a aceitação de rentabilidades muito inferiores às praticadas nos demais bancos.

cdb bradesco investimento


Se você está em busca de investimentos mais rentáveis e com a mesma segurança, preparamos um material contendo a nossa estratégia de investimento e detalhando toda a nossa carteira. Você saberá exatamente onde fazemos nossas aplicações visando maximizar os lucros e os mecanismos que utilizamos para minimizar os riscos.

Não perca a oportunidade e conheça o nosso guia!

Considerações finais


Aprendemos neste artigo as principais características do CDB do Bradesco:

  • Investimento mínimo de R$ 2.000.
  • Prazo mínimo para resgate de 30 dias (CDB Prefixado ou CDB Fácil) ou 1 dia (CDB Fidelidade).
  • Prazo máximo de investimento de 3 anos.
  • Possibilidade de resgate antecipado (total ou parcial) no CDB Fácil e CDB Fidelidade.
  • Rentabilidade pré-fixada ou pós-fixada (atrelada ao CDI) variáveis de acordo com o perfil do investidor e negociáveis com o gerente da conta.

Abaixo segue print do site do Bradesco com um resumo das condições para investimento em cada uma das modalidades de CDB.

CDB Fácil Bradesco

cdb prefixado bradesco

CDB Fidelidade Bradesco


Para conhecer as características de outros investimentos nos principais bancos, recomendamos a leitura da nossa série especial sobre o tema:


Caso tenha alguma dúvida, elogio ou sugestão, basta deixar seu comentário aqui embaixo, combinado?

Gostou do material? Que tal se cadastrar gratuitamente em nosso blog e receber via e-mail artigos que podem ajudar a melhorar a sua educação financeira?

Deixe seu comentário:




Veja Também:

Crefisa: empréstimo pessoal para negativados Aprenda tudo sobre o empréstimo para negativado Crefisa . Veja armadilhas, acesse o simulador e conheça formas mais baratas de conseguir dinheiro.
Como declarar ações no Imposto de Renda Aprenda de forma simples e didática como declarar ações na sua Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda com o nosso guia completo sobre o tema.
Como declarar Debêntures no Imposto de Renda Aprenda de forma simples e didática como declarar investimentos em Debêntures na sua Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda.

CBD do Itaú: solução ou cilada para seu investimento?

Após a publicação dos nossos artigos sobre investimentos em Renda Fixa na Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, alguns de nossos leitores solicitaram a avaliação do CDB do Itaú.

cdb itau

Atendendo a estes pedidos, preparamos este guia completo para que você entenda definitivamente se a aplicação em CDB do Itaú é um bom investimento.

Obs.: Artigo atualizado em maio de 2017. Publicação inicial foi em julho de 2016.




O que é o CDB Itaú?


O CDB do Itaú é uma aplicação de Renda Fixa na qual você empresta dinheiro ao banco e, ao final do prazo da aplicação, o Itaú paga o valor investido acrescido da  taxa de juros definida no momento da aplicação.

Tipos de CDB do Itaú


O Itaú possui duas modalidades de investimento em CDB, a saber:

  • CDB Pré: é um investimento pré-fixado, ou seja, a rentabilidade é definida no momento da aplicação e não há possibilidade de variação com o tempo.
  • Itauvest: a remuneração é pós-fixada e dada por um percentual do CDI. O Itauvest apresenta rentabilidade progressiva. Ou seja, quanto maior o tempo que você permanece com o seu dinheiro aplicado, maior é a remuneração do seu investimento.

Valores para aplicação


Os valores mínimos variam de acordo com a modalidade de CDB escolhida pelo investidor:

  • CDB Pré: R$ 1.000.
  • Itauvest: R$ 500 para aplicações via internet ou R$ 2.000 para aplicações realizadas nas agências.

Prazos


Os prazos também variam de acordo com o tipo de CDB escolhido:

  • CDB Pré: mínimo de 30 dias e máximo de 721 dias (2 anos).
  • Itauvest: mínimo de 2 dias e máximo de 1.800 dias (5 anos).

Resgate


Tanto o CDB Pré quanto o Itauvest podem ser resgatados de forma antecipada, desde que respeitado o prazo mínimo de cada modalidade.

O resgate antecipado pode ser total ou parcial.

Entretanto, em ambas as aplicações, o investidor deverá respeitar um saldo mínimo de R$ 100 após a realização do resgate parcial.

Exemplo: O investidor que possui R$ 2.000 aplicados no “Itauvest” poderá solicitar resgate parcial de até R$ 1.900. Caso deseje resgatar R$ 1.950, o saldo final do CDB seria de apenas R$ 50, ou seja, menor do que o mínimo estipulado de R$ 100.Neste caso, o investidor é obrigado a fazer o resgate total de R$ 2.000.

Tributação em CDB


Qualquer investimento em CDB sofre a incidência de dois impostos:

  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF): cobrado do investidor somente quando o resgate acontece num prazo inferior a 30 dias.
  • Imposto de Renda (IR): possui alíquota regressiva com o tempo e sempre será cobrado, ou seja, não existe um limite mínimo de tempo para o investidor se livrar do pagamento deste imposto.

Imposto de Renda CDB

Tanto o IOF quanto o IR incidem somente sobre o lucro do investimento e são recolhidos na fonte.

Ou seja, o valor que você resgata do CDB já possui o desconto e você não precisa tomar qualquer ação para o cálculo ou pagamento destes impostos.

Obs.: Para consultar os valores a serem pagos de IOF e obter demais informações sobre a tributação em CDB, sugerimos acesso à nossa seção sobre impostos.

Resumo do CDB Itaú


Muita informação até o momento? Que tal olhar a tabela abaixo? Nela você encontra as principais características do CDB Itaú!

CDB Itau Pré Itauvest

Aproveitamos para tirar um print do próprio site do Itaú com as informações básicas destas duas modalidades de CDB.

itauvest cdb itau

cdb pre itau

Rentabilidades


Consultamos o site do Itaú em maio de 2017 para simular aplicações nas duas modalidades de investimento em CDB.

Reiteramos que a simulação foi realizada por uma conta Itaú Uniclass.

Portanto, se você for cliente Itaú Personnalité é provável que consiga rentabilidades um pouco maiores, uma vez que o Itaú informa que as taxas oferecidas variam de acordo com o perfil da conta.

itau personnalite

O Itaú também “premia” clientes com maior disponibilidade de capital para investimentos ao fazer a seguinte observação em seu site:

“Ao fazer uma aplicação no CDB, levamos em consideração o seu volume global de investimentos para oferecer uma rentabilidade diferenciada nesses produtos. Portanto, o total que você tem aplicado nas diversas opções de investimento, como CDB, Poupança, Previdência, Fundos e Ações na Itaú Corretora, é tomado como referência para a taxa de rendimento a ser proposta.”

Outro ponto que merece destaque é o fato do Itaú não garantir a rentabilidade acordada em casos de resgate antecipado. Vejam o recado retirado do próprio site:

“Resgates antecipados podem fazer com que a sua aplicação tenha menor rentabilidade do que a contratada, ou até mesmo como que você resgate um valor menor do que o aplicado.”

Valor menor do que o aplicado? É isso mesmo?

Sim! Ou seja, um resgate antecipado pode até te dar prejuízo em vez de lucro. Portanto, tenham muito cuidado ao escolher o prazo da sua aplicação.

Pode parecer surreal, mas está no site do Itaú e segue um print da tela para comprovar.

resgate cdb itau

As rentabilidades apresentadas abaixo podem sofrer variação com o tempo e perfil do cliente., Portanto, estas taxas servem como ordem de grandeza para você avaliar se vale a pena o investimento neste tipo de produto.

Para saber qual a rentabilidade atualizada e personalizada para o seu perfil, sugerimos uma simulação direta com o banco e seu gerente.

CDB Pré

O rendimento oferecido pelo CDB Pré apresentou variação tanto em função do tempo de aplicação quanto dos valores investidos.

Quanto maior o valor da aplicação, maior é a rentabilidade oferecida. Esta é uma recompensa do banco por você ser um cliente com maior potencial de empréstimo para ele.

Entretanto, o fato curioso é que aplicações mais curtas apresentam maiores rendimentos em comparação a investimentos mais longos.

rentabilidade CDB Pré Itau 2017

Itauvest

A principal característica deste investimento é apresentar rendimento progressivo com o tempo, ou seja, quanto maior o período da aplicação, maiores serão os rendimentos obtidos.

A curiosidade do Itauvest fica por conta do valor aplicado não apresentar interferência na rentabilidade.

Ou seja, o rendimento é igual para quem aplica o mínimo de R$ 500 e para quem aplica R$ 100.000, por exemplo.

Abaixo, segue o print da tela de rentabilidade para um investimento de R$ 1.000.

rentabilidade itauvest cdb itau 2017

Ressaltamos que a mesma consulta foi realizada para valores de R$ 500 a R$ 1.000.000 e não houve alteração nas taxas oferecidas.

Acreditamos que as rentabilidades do Itauvest são muito ruins e só compensaria fazer este tipo de aplicação se o investidor tiver a certeza que conseguirá cumprir pelo menos prazo de 721 dias (2 anos) para atingir o rendimento de 80%.

O ideal do Itauvest é aplicar por prazos superiores a 1.085 dias (3 anos) para obter o rendimento máximo de 100% do CDI.

Esclarecemos que a rentabilidade é sempre retroativa. Se você investir, por exemplo, R$ 10.000 e resgatar após o prazo de 3 anos terá toda a aplicação rendendo 100% do CDI durante os 3 anos.

Obs.: Para obter a rentabilidade atualizada e personalizada de acordo com o seu perfil de relacionamento com o banco, sugerimos a consulta direta à sua conta (internet banking) ou ao seu gerente. Estas rentabilidades apresentadas foram simuladas pelos autores deste blog em mai/17 e serão atualizadas anualmente.


Itaú lci cdb

Comparação: “CDB Itaú x Outros Investimentos”


Para confirmar que o CDB do Itaú não é um bom investimento, faremos uma comparação com outros investimentos similares disponíveis no mercado.

Desta forma, vamos simular o rendimento de uma aplicação de R$ 30.000 pelo prazo de 1 ano (365 dias) nos seguintes investimentos:

  • Caderneta de Poupança.
  • Caixa Econômica Federal (CEF): CDB Progressivo.
  • Tesouro Selic.
  • Itaú: CDB Pré e Itauvest.

Abaixo apresentamos um resumo com as rentabilidades líquidas destes cinco investimentos:

taxa cdb itau e tesouro direto 2017

Obs. 1: O rendimento adotado para a poupança foi o acumulado dos últimos 12 meses (jun/16 a mai/17).

Obs. 2: Adotamos o valor atual do CDI de 11,13% ao ano. Para consultar os valores atualizados, sugerimos que acesse  a  nossa seção sobre índices econômicos.

Obs. 3: A rentabilidade líquida já considera o desconto da alíquota do IR nos investimentos onde este imposto se aplica. Entretanto, para o Tesouro Selic foi descontada apenas a Taxa da Bovespa de 0,30% a.a. e não foi descontada a taxa paga para o agente de custódia em função desta ser variável de acordo com o banco ou corretora escolhida.

Para facilitar ainda mais a visualização dos melhores investimentos, fizemos um gráfico com os rendimentos para o nosso exemplo de aplicação de R$ 30.000 durante 1 ano.

A título de curiosidade, inserimos no gráfico o valor da inflação (IPCA) acumulada nos últimos 12 meses (jun/16 a mai/17: 4,1%).

cdb itau cdb caixa e tesouro direto 2017

 

Pela análise do gráfico, é possível observar que para o período de 1 ano, os piores investimentos são o CDB Pré do Itaú é o Itauvest.

Reforçamos que a aplicação no Itauvest só se torna atrativa para períodos superiores a 3 anos e taxa de 100% do CDI. Se você pretende resgatar o seu dinheiro antes disso, fuja deste investimento!

O CDB Pré apresenta-se como uma alternativa ainda pior e capaz de perder para a Poupança em todos os cenários de prazos e valores simulados por nós em maio de 2017.

Se você ainda quiser investir no Itaú e tiver na dúvida entre CDB Pré, Itauvest ou Poupança, aconselhamos que fique  atento ao prazo da sua aplicação.

  • Para investimentos com resgate antes de 3 anos, o cenário atual indica que surpreendentemente o mais rentável é deixar o dinheiro na Poupança.
  • Para investimentos com resgate após 3 anos, o Itauvest se torna mais atrativo.

Simulador do CDB Itaú


Para fazer suas próprias simulações, recomendamos o acesso à nossa calculadora de CDB através deste link.


Se você está em busca de investimentos mais rentáveis e com a mesma segurança, preparamos um material contendo a nossa estratégia de investimento e detalhando toda a nossa carteira. Você saberá exatamente onde fazemos nossas aplicações visando maximizar os lucros e os mecanismos que utilizamos para minimizar os riscos.

Não perca a oportunidade e conheça o nosso guia!

livro investimentos seguros e rentáveis

Considerações finais


cdb do itaú

Aprendemos neste artigo as principais características do CDB do Itaú:

  • Investimento mínimo de R$ 1.000 (CDB Pré) ou R$ 500 (Itauvest).
  • Prazo mínimo para resgate de 30 dias (CDB Pré) ou 2 dias (Itauvest).
  • Prazo máximo de investimento de 2 anos (CDB Pré) ou 5 anos (Itauvest).
  • Possibilidade de resgate total ou parcial dos valores investidos após o prazo mínimo de resgate de cada modalidade.
  • Rentabilidade pré-fixada (CDB Pré) ou pós-fixada e atrelada ao CDI (Itauvest).

Constatamos também que para períodos inferiores a 3 anos, a aplicação no Itauvest é uma das piores opções no mercado. Entretanto, para períodos superiores a 3 anos, a rentabilidade deste investimento pode superar outros investimentos.

Além disso, aprendemos também que o CDB Pré é um dos piores investimentos disponíveis atualmente no mercado uma vez que perde até da Caderneta de Poupança.

Portanto, se você pretende iniciar suas aplicações no Banco Itaú recomendamos que revise seu planejamento com base nas informações apresentadas aqui.


Para conhecer as características de outros investimentos nos principais bancos, recomendamos a leitura de nossa série especial sobre o tema:


Caso tenha alguma dúvida, elogio ou sugestão, basta deixar seu comentário aqui embaixo, combinado?

Gostou do material? Acha que ele pode ser útil para outras pessoas e quer nos ajudar na divulgação deste blog? Então, é só compartilhar nossos artigos na timeline do seu Facebook!




Veja Também:

Como declarar LCI, LCA e Poupança no Imposto de Renda Aprenda de forma simples e didática como declarar LCI, LCA e Caderneta de Poupança na sua Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda.
Qual o seu perfil de investidor? Conhecer o seu perfil de investidor é importante para minimizar as chances de fracasso dos seus investimentos, seja em Renda Fixa ou Variável.
Segunda via do Boleto Fies Emita a segunda via do seu boleto Fies de forma rápida e simples. Acesse o simulador para saber o valor das próximas prestações!

CDB do Banco do Brasil é um bom investimento?

O CDB do Banco do Brasil (BB) vem recebendo uma atenção especial pela parcela da população que já se conscientizou sobre as desvantagens de deixar o seu dinheiro parado na Poupança.

CDB Banco do Brasil BB

Sendo assim, preparamos um guia completo para que você possa decidir se o investimento no CDB do Banco do Brasil é uma boa opção.

Obs.: Artigo atualizado em maio de 2017.




O que é o CDB Banco do Brasil?


A sigla “CDB” significa Certificado de Depósito Bancário e, na prática, representa um título de renda fixa emitido por um determinado banco, onde tanto o prazo quanto a remuneração são definidos no momento do investimento.

Traduzindo para uma linguagem ainda mais fácil, ao investir no CDB do BB você estará emprestando o seu dinheiro para este banco e quando solicitar o resgate, receberá este dinheiro acrescido de uma taxa de juros.

Tipos de CDB do BB


O Banco do Brasil disponibiliza três modalidades de investimento em CDB:

  • BB CDB Pré: é uma aplicação pré-fixada, na qual a rentabilidade é acordada no momento do investimento e não sofre variação com o tempo.
  • BB CDB DI: a remuneração é pós-fixada e dada por um percentual do CDI.
  • BB CDB Estilo: a remuneração é pós-fixada, dada por um percentual do CDI e progressiva com o tempo e com o valor da aplicação.

A diferença entre o CDB DI e o CDB Estilo é justamente a questão da rentabilidade progressiva.

No CDB DI, independente do tempo da aplicação, a sua rentabilidade será dada por um mesmo percentual do CDI.

Já no CDB Estilo, quanto maior o tempo que você permanecer com o dinheiro investido, maior será o percentual do CDI.

Valores para aplicação


Os valores mínimos são diferentes para cada um dos CDBs:

  • BB CDB Pré: R$ 500.
  • BB CDB DI: R$ 500.
  • BB CDB Estilo: R$ 10.000.

Prazos


Os prazos também apresentam variações de acordo com o tipo de CDB selecionado:

  • BB CDB Pré: mínimo de 30 dias e máximo de 120 dias.
  • BB CDB DI: mínimo de 1 dia e máximo de 5 anos.
  • BB CDB Estilo: mínimo de 1 dia e máximo de 5 anos.

Resgate


O CDB Pré só apresenta possibilidade de resgate no vencimento, ou seja, o seu dinheiro fica “preso” até o término do prazo escolhido no momento da aplicação.

Já o CBD DI e o CDB Estilo possuem liquidez diária, ou seja, você pode solicitar o resgate antecipado a qualquer momento.

Este resgate antecipado pode ser parcial ou total, mas em ambos os CDBs você precisa deixar um saldo de pelos menos R$ 500 na aplicação.

Exemplo: O investidor que possui R$ 5.000 aplicados no “CDB DI” poderá solicitar resgate parcial de até R$ 4.500. Caso deseje resgatar R$ 4.800, o saldo final do CDB seria de apenas R$ 200, ou seja, menor do que o mínimo estipulado de R$ 500. Neste caso, o resgate total de R$ 5.000 é a única alternativa.

Tributação em CDB


Todo investimento em CDB possui a incidência de dois impostos:

  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): aplicável somente nos casos onde o resgate ocorre em prazo inferior a 30 dias.
  • IR (Imposto de Renda): aplicável em todos os casos, ou seja, não existe período mínimo de carência e todos os investidores em CDB sofrem esta taxação. A alíquota é regressiva com o tempo de acordo com a tabela abaixo:

Imposto de Renda CDB

O IOF e o IR são recolhidos na fonte, ou seja, o dinheiro que você recebe após o resgate já vem com todas as deduções.

É importante frisar que as alíquotas destes impostos incidem somente sobre o lucro.

Obs.: Para consultar as alíquotas do IOF e demais informações sobre a tributação em CDB, sugerimos acesso à nossa seção sobre impostos.

Resumo do CDB BB


Preparamos uma tabela com o resumo das informações apresentadas até o momento para facilitar a fixação e entendimento das características dos CDB’s do Banco do Brasil.

cdb do banco do brasil resumo 2017

Rentabilidades


Fizemos uma consulta ao Banco do Brasil em maio de 2017 para simular aplicações nas três modalidades de CDB.

Esta consulta foi realizada via aplicativo do banco, e ressaltamos que foi a pior experiência entre os três bancos que já consultamos até o momento: Itaú, Caixa e BB.

Fica registrada aqui nossa sugestão para a melhoria desta parte do aplicativo do Banco do Brasil.

Seguem as rentabilidades obtidas em nossas simulações:

  • BB CDB Pré: entre 7,8 e 6,8% ao ano (a depender do prazo escolhido).
  • BB CDB DI: 81,5% do CDI, ou seja, 9,0% ao ano.
  • BB CDB Estilo: 82,0% do CDI, ou seja, 9,1% ao ano.

Obs. 1: Para estimar a rentabilidade dos investimentos pós-fixados, utilizamos o atual CDI de 11,13% ao ano. Para valores atualizados do CDI, acessar nossa seção específica sobre o tema.

Obs. 2: Para obter a rentabilidade atualizada e personalizada de acordo com o seu perfil de relacionamento com o banco, sugerimos a consulta direta à sua conta (internet banking) ou ao seu gerente. Estas rentabilidades apresentadas foram simuladas pelos autores deste blog em mai/17 e serão atualizadas anualmente.

Infelizmente, não foi possível simular a progressividade na rentabilidade do CDB Estilo em virtude das limitações do aplicativo.

banco do brasil renda fixa

Comparação: “CDB do Banco do Brasil x Outros Investimentos”


Para  avaliarmos se o CDB do BB pode ser considerado um bom investimento,  faremos confrontos com outras aplicações similares disponíveis no mercado.

Sendo assim, simularemos o rendimento de um investimento de R$ 30.000 pelo prazo de 1 ano (365 dias) nos seguintes produtos:

  • Caderneta de Poupança.
  • Caixa Econômica Federal (CEF): CDB Progressivo.
  • Itaú: CDB Pré.
  • Banco do Brasil: CDB Pré, CDB DI e CDB Estilo.
  • Tesouro Selic.

Abaixo apresentamos um resumo com as rentabilidades líquidas dos sete investimentos mencionados.

comparativo cdb bb itau caixa tesouro direto 2017

Obs. 1: O rendimento adotado para a poupança foi o acumulado dos últimos 12 meses (jun/16 a mai/17).

Obs. 2: Para a simulação dos investimentos pós-fixados foi adotado CDI de 11,13% ao ano. Para consultar valores atualizados, consulte a seção sobre índices econômicos.

Obs. 3: A rentabilidade líquida já considera o desconto da alíquota do IR nos investimentos onde este imposto se aplica. Entretanto, para o Tesouro Selic foi descontada apenas a Taxa da Bovespa de 0,30% a.a. e não foi descontada a taxa paga para o agente de custódia em função desta ser variável de acordo com o banco ou corretora escolhida.

O gráfico a seguir foi elaborado para facilitar ainda mais a comparação entre os investimentos.

Inserimos, também, a variação da inflação (IPCA) dos últimos 12 meses (jun/16 a mai/17): 4,1% ao ano.

rentabilidade cdb bb itau caixa tesouro direto 2017

Analisando o gráfico, podemos verificar que o investimento em qualquer modalidade do CDB do BB nas condições simuladas perde até mesmo da Poupança, com destaque negativo para a modalidade pré-fixada.

Considerando todos estes fatores, não acreditamos que o investimento em CDB do Banco do Brasil seja uma boa opção uma vez que basta deixar o seu dinheiro na velha conhecida Poupança que a sua rentabilidade será maior.

Entretanto, se você insistir em manter seu dinheiro aplicado em algum CDB do BB, recomendamos a aquisição do “CDB Estilo“, pois além da maior rentabilidade ainda possui liquidez diária.

Simulador do CDB do Banco do Brasil


Para fazer suas próprias simulações, recomendamos o acesso à nossa calculadora de CDB através deste link.


Se você está em busca de investimentos mais rentáveis e com a mesma segurança, preparamos um material contendo a nossa estratégia de investimento e detalhando toda a nossa carteira. Você saberá exatamente onde fazemos nossas aplicações visando maximizar os lucros e os mecanismos que utilizamos para minimizar os riscos.

Não perca a oportunidade e conheça o nosso guia!

livro investimentos seguros e rentáveis

Considerações finais


Vimos neste artigo as principais características do CDB do Banco do Brasil:

  • Investimento mínimo de R$ 500 (CDB Pré e CDB DI) ou R$ 10.000 (CDB Estilo).
  • Prazo mínimo para resgate de 30 dias (CDB Pré) ou 1 dia (CDB DI e CDB Estilo).
  • Prazo máximo de investimento de 4 meses (CDB Pré) ou 5 anos (CDB DI e CDB Estilo).
  • Possibilidade de resgate antecipado (total ou parcial) apenas no CDB DI e CDB Estilo.
  • Rentabilidade pré-fixada (CDB Pré) ou pós-fixada e atrelada ao CDI (CDB DI e CDB Estilo).

Além disso, constatamos que existem investimentos mais interessantes e rentáveis do que a aplicação em CDB do BB.

Portanto, se você pretende iniciar seus investimentos no Banco do Brasil, sugerimos a revisão de seu planejamento financeiro baseado nas informações deste artigo.


Para conhecer as características de outros investimentos nos principais bancos, recomendamos a leitura de nossa série especial sobre o tema:

  • Banco do Brasil: LCI.

Caso você tenha alguma dúvida, elogio ou sugestão, basta deixar seu comentário aqui embaixo, combinado?

Gostou do material? Acha que ele pode ser útil para outras pessoas? Quer nos ajudar na divulgação deste blog? Então, é só compartilhar nossos artigos na timeline do seu Facebook!





Veja Também:

CDB: aprenda tudo, use nosso simulador e aumente seus lucros! Aprenda o que é CDB e todas as características deste investimento. Saiba como conseguir os melhores rendimentos e utilize nosso simulador.
Boleto e segunda via da Caixa Habitação Emita o seu boleto da Caixa Habitação ou solicite a segunda via para pagamento. Evite atrasos e multas!
Os 10+ de novembro de 2016 Apresentação dos 10 melhores investimentos para novembro de 2016. Saiba onde encontrar e fazer estas aplicações de forma segura e inteligente.

CDB da Caixa é investimento com boa rentabilidade?

caixa-econômica-federal

Apesar da aplicação em LCI da Caixa ser a preferida de muitos investidores iniciantes, outras opções como o CDB da Caixa vem ganhando destaque neste cenário.

Vimos no artigo específico da LCI da Caixa que este investimento é mais lucrativo do que a poupança. Entretanto, frisamos que existem LCIs de bancos de menor porte com maior rentabilidade do que esta aplicação.

Mas e o CDB da Caixa? Apresenta boa rentabilidade?

CDB CEF

Este artigo irá te auxiliar a entender as principais características deste investimento e fará a comparação com outros tipos de aplicações para facilitar a sua tomada de decisão.




O que é CDB?


O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de crédito privado emitido exclusivamente por bancos para a captação de recursos junto aos seus clientes. 

Em termos práticos, você emprestará dinheiro para a Caixa Econômica Federal (CEF) e ao final do prazo da aplicação, a Caixa irá devolver o seu dinheiro acrescido de uma taxa de juros que foi definida no momento da sua aplicação.

Tipos de CDB da Caixa Econômica


A Caixa possui três modalidades de investimento em CDB, a saber:

  • CDB Pré-fixado: como o próprio nome já diz, a remuneração do seu investimento é contratada com base em uma taxa pré-fixada, ou seja, no momento da aplicação você sabe exatamente qual será o rendimento da sua aplicação.
  • CDB Flex: a remuneração é pós-fixada e dada por um percentual do CDI.
  • CDB Caixa Progressivo: a remuneração também é pós-fixada e dada por um percentual do CDI.

À primeira vista, não notamos diferenças significativas entre o “CDB Flex” e o “CDB Caixa Progressivo”.

Entretanto, pela análise da descrição dos dois produtos no próprio site da CEF percebemos que o “CDB Caixa Progressivo” apresenta a vantagem do aumento da rentabilidade de acordo com o tempo.

Ou seja, quanto maior o tempo que você permanece com o seu dinheiro aplicado, maior é a taxa de juros que você recebe.

Valores para aplicação


Os valores mínimos variam de acordo com a modalidade de CDB escolhida pelo investidor:

  • CDB Pré-fixado: R$ 1.000.
  • CDB Flex: R$ 200.
  • CDB Caixa Progressivo: R$ 200.

Prazos


Os prazos também variam de acordo com o tipo de CDB da Caixa:

  • CDB Pré-fixado: mínimo de 2 dias e máximo de 725 dias (2 anos).
  • CDB Flex: mínimo de 2 dias e máximo de 1.800 dias (5 anos).
  • CDB Caixa Progressivo: mínimo de 2 dias e máximo de 1.800 dias (5 anos).

Após o prazo máximo, o dinheiro precisa obrigatoriamente ser resgatado, pois não existe renovação automática da aplicação. Ressaltamos que este resgate é automático, ou seja, no término da aplicação o dinheiro é creditado na sua conta.

Entretanto, nada impede que o investidor faça um novo investimento em CDB com o dinheiro resgatado.

Resgate


resgate cdb caixa

A única modalidade que não oferece resgate antecipado é o “CDB Pré-fixado“, no qual o investidor define no momento da aplicação qual o período do seu investimento e só poderá fazer o saque ao final deste prazo.

No “CDB Flex” e “CDB Caixa Progressivo” o investidor também precisará escolher o prazo da aplicação. Entretanto, poderá sacar o dinheiro antecipadamente desde que respeitado o prazo mínimo de 2 dias.

Ressalta-se que o resgate antecipado pode ser total ou parcial.

Nestas duas modalidades, o resgate parcial mínimo é de R$ 200 e o saldo mínimo da aplicação deverá ser de R$ 200.

Exemplo: O investidor que possui R$ 1.000 aplicados no “CDB Flex” poderá solicitar resgate parcial de até R$ 800. Caso deseje resgatar R$ 900, o saldo final do CDB seria de apenas R$ 100, ou seja, menor do que o mínimo estipulado de R$ 200, e, neste caso, deveria fazer o resgate total de R$ 1.000.

Tributação em CDB


Os investimentos em CDB sofrem a incidência de dois impostos, a saber:

  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF): é cobrado somente quando o resgate acontece com menos de 30 dias do início da aplicação.

Tributação_Imposto_IOF

  • Imposto de Renda (IR): assim como o IOF a alíquota também é regressiva com o tempo. A diferença em relação ao IOF é que este imposto sempre será cobrado e não existe um limite para que o investidor seja isento.

Tributação_Imposto_IR

Ambos os impostos incidem somente sobre o lucro do investimento.

Os valores referentes aos impostos (IOF e IR) são recolhidos na fonte pela instituição financeira no momento do resgate da aplicação.

Ou seja, o valor que você recebe já vem com a dedução destes impostos e você não precisa se preocupar em fazer cálculos e imprimir guias para efetuar o pagamento desta tributação.

Resumo do CDB da CEF


Está achando muita informação até o momento?

Que tal consultar a tabela abaixo com um resumo das principais características das modalidades de CDB da Caixa Econômica Federal (CEF) antes de iniciarmos a análise das rentabilidades destes investimentos?

CDB Caixa resumo

Rentabilidades


Conforme visto anteriormente, as duas opções de rentabilidade dos CDBs da Caixa são:

  • Taxa pré-fixada
  • Taxa pós-fixada atrelada ao CDI

Obs.: Atualmente (jun/16), o CDI está rendendo 14,13% ao ano. Para consultar o valor atualizado do CDI, acesse nossa seção sobre índices econômicos.

Fizemos uma consulta ao site da Caixa Econômica Federal (CEF) em julho de 2016 para simular aplicações nas 3 modalidades de CDB. Os cenários de prazo, valores e rentabilidade são apresentados a seguir.

CDB Pré-fixado

CDB pré-fixado Caixa rentabilidade

Percebam que praticamente não há grande diferença de rentabilidade entre aplicar o mínimo de R$ 1.000 ou valores maiores.

CDB Flex

CDB Flex Caixa rentabilidade

A rentabilidade oferecida não varia com o tempo de aplicação. Para um mesmo valor, tanto faz se você investir pelo tempo mínimo (2 dias) ou pelo tempo máximo (5 anos), conforme pode ser observado na simulação para o valor mínimo de R$ 200.

A mesma simulação de tempo foi feita para os demais valores da tabela e o resultado foi o mesmo.

O único parâmetro que influenciou na rentabilidade oferecida por este CDB foi o valor do investimento. Sendo assim, quanto maior o investimento realizado, maior foi a remuneração oferecida.

Um fato que nos chamou a atenção é que para aumentar a remuneração inicial de 94% para 96% do CDI é preciso investir o mínimo de R$ 300.000.

Ou seja, a remuneração para quem aplica R$ 200 ou R$ 299.999 é a mesma: 94% do CDI.

CDB Caixa Progressivo

Diferentemente do “CDB Flex”, esta modalidade de CDB além de apresentar variação na rentabilidade de acordo com os valores investidos também varia de acordo com o prazo da aplicação.

CDB progressivo Caixa rentabilidade 1

CDB progressivo Caixa rentabilidade 2

CDB progressivo Caixa rentabilidade 3

Sendo assim, é possível notar que o investidor é recompensando por manter o dinheiro mais tempo aplicado neste produto.

Comparando com o “CDB Flex” é possível verificar que o “CBD Caixa Progressivo” é mais vantajoso em todas as situações de prazo e valores investidos.

Desta forma, não entendemos o porquê da Caixa manter estes dois tipos de modalidade uma vez que as demais características são iguais.

Obs.: Para obter a rentabilidade atualizada e personalizada de acordo com o seu perfil de relacionamento com o banco, sugerimos a consulta direta à sua conta (internet banking) ou ao seu gerente. Estas rentabilidades apresentadas foram simuladas pelos autores deste blog em jul/16 e serão atualizadas semestralmente.


Caixa Econômica lci cdb renda fixa

Comparação: “CDB da Caixa x Poupança”


Para saber se o CDB da Caixa é uma alternativa realmente interessante de investimento, além de analisarmos as características apresentadas anteriormente, é de extrema relevância fazer também uma análise comparativa com outras opções.

Desta forma, faremos a nossa primeira comparação com a famosa “Caderneta de Poupança”.

Para isto, tomaremos por base o rendimento da poupança dos últimos 12 meses de 8,37% e as 3 modalidades de CDB da Caixa nos valores de R$ 30.000 e prazo de 1 ano.

Para este valor de investimento (R$ 30.000) e prazo de 1 ano (365 dias), as rentabilidades oferecidas pela Caixa são:

  • CDB Pré-fixado: 12,7%
  • CDB Flex: 94,0% do CDI
  • CDB Caixa Progressivo: 96,0% do CDI

Sendo assim, o gráfico abaixo mostra a diferença entre investir R$ 30.000 durante um ano na “Poupança” ou nos “CDBs da Caixa”.

CDB Caixa x Poupança

Considerando o atual CDI de 14,13% a.a. (jul/16) e o desconto do Imposto de Renda (IR), as rentabilidades líquidas dos 3 CDBs da Caixa foram:

  • CDB Pré-fixado: 10,5%
  • CDB Flex: 11,0%
  • CDB Caixa Progressivo: 11,2%

Ou seja, as três modalidades de CDB apresentaram rentabilidade anual superior à poupança (8,37%), conforme pôde ser observado no gráfico apresentado.

O destaque entre os produtos foi o “CDB Caixa Progressivo” com o melhor desempenho de rentabilidade.

Desta forma, no confronto contra a Poupança todos os CDBs da Caixa se saíram vencedores!

Comparação: “CDB da Caixa x Tesouro Direto”


Como a primeira disputa dos CDBs da Caixa foi muito fácil, uma vez que atualmente a poupança é um dos piores lugares para você deixar seu dinheiro investido, vamos elevar o nível do confronto.

A segunda batalha será contra um dos investimentos mais comentados do momento: Tesouro Direto!

Para isto, vamos manter o investimento de R$ 30.000 por 1 ano e fazer a comparação com o Tesouro Selic.

CDB Caixa x Tesouro Direto Selic

Considerando a atual taxa da Selic de 14,25% ao ano, o Tesouro Selic apresentou uma rentabilidade líquida de 11,8% no período de 1 ano (após o desconto do IR) e se mostrou como uma aplicação mais rentável do que qualquer um dos CDBs oferecidos pela Caixa.

Sendo assim, o segundo confronto foi de vitória para o Tesouro Selic!

Comparação: “CDB da Caixa x CDB de bancos menores”


Mas será que existem opções ainda mais atrativas do que o próprio Tesouro Selic?

Para responder a este questionamento vamos aumentar ainda mais o nível das disputas e analisar CDBs emitidos por bancos de menor porte.

Foram selecionados os Bancos Original e Pine por apresentarem boa saúde financeira e grau de investimento atestado pelas principais agências de rating do mercado financeiro.

Para este confronto continuaremos com o valor-base de R$ 30.000 (prazo de 1 ano) e faremos a comparação entre os seguintes investimentos:

  • Tesouro Selic com rentabilidade de 14,25% ao ano.
  • CDB do Banco Original com rentabilidade de 110% do CDI.
  • CDB do Banco Pine com rentabilidade de 107,5% do CDI.
  • CDB pré-fixado da Caixa com rentabilidade de 12,7% ao ano.
  • CDB Flex da Caixa com rentabilidade de 94,0% do CDI.
  • CDB Caixa Progressivo com rentabilidade de 96,0% do CDI.

Obs.: O rendimento dos CDBs dos Bancos Original e Pine foram verificados no site da corretora Easynvest em 04/07/16.

CDB Caixa x CDB Original e Pine

Pela análise dos dados. é possível confirmar que os CDBs da Caixa vencem somente a Caderneta de Poupança e perdem para os demais investimentos analisados.

Após a análise deste terceiro confronto, verificamos que os melhores investimentos estão concentrados em CDBs de bancos de menor porte.


Se você está em busca de investimentos mais rentáveis e com a mesma segurança, preparamos um material contendo a nossa estratégia de investimento e detalhando toda a nossa carteira. Você saberá exatamente onde fazemos nossas aplicações visando maximizar os lucros e os mecanismos que utilizamos para minimizar os riscos.

Não perca a oportunidade e conheça o nosso guia!

livro investimentos seguros e rentáveis

Simulador do CDB Caixa


Para fazer suas próprias simulações, recomendamos o acesso ao nosso simulador de CDB.

Considerações finais


Aprendemos neste artigo as principais características das três modalidades de CDB da Caixa Econômica Federal.

Vimos também que dentre estes produtos aquele que apresentou as maiores rentabilidades foi o “CDB Caixa Progressivo” com a vantagem adicional de poder solicitar o resgate antecipado.

Na comparação com outros investimentos, constatamos que os CDBs da Caixa só vencem a Caderneta de Poupança.

Na disputa contra o Tesouro Direto e contra CDBs de bancos de menor porte, todos os CDBs da CEF perderam.

Para os investidores iniciantes ou aqueles com menor tolerância aos riscos, sugerimos que estudem um pouco mais para que saibam como é seguro e rentável investir fora dos bancos tradicionais, uma vez que existe a garantia do FGC.


Para conhecer as características de outros investimentos nos principais bancos, recomendamos a leitura de nossa série especial sobre o tema:


Caso tenha permanecido alguma dúvida, basta deixar seu comentário aqui embaixo que te ajudaremos no que estiver ao nosso alcance.

Gostou do artigo? Que tal compartilhar nas redes sociais e nos ajudar a melhorar a educação financeira de outras pessoas?

Caixa Econômica cdb




Veja Também:

Fatura e segunda via do Cartão Carrefour Consulte a fatura do seu Cartão Carrefour ou solicite a segunda via do seu boleto. Evite atrasos e o pagamento de multas!
Boleto e segunda via da Caixa Habitação Emita o seu boleto da Caixa Habitação ou solicite a segunda via para pagamento. Evite atrasos e multas!
Atualizar Boleto da Caixa e emitir segunda via Atualize o seu boleto da Caixa e emita a segunda via para pagamento de forma simples e rápida. Chega de perder tempo!