Investir em ações pode ser uma boa oportunidade. Confira!

Com a crise provocada pela pandemia do coronavírus, muitas pessoas têm buscado alternativas para compor a renda. E, o mercado de investimentos se tornou bastante atrativo.

Contudo, algumas pessoas não entendem do mercado e acabam gastando mais do que tem e recebendo pouco de volta. E, esse é um erro muito comum.

Diante deste cenário, separamos algumas dicas para você não ter surpresas pelo caminho. Confira!

Preços

As ações na Bolsa de Valores são os investimentos de renda variável mais famosos no mundo. Contudo, isso não significa que sejam fáceis de aplicar.

É necessário entender como funciona o mercado de ações e qual o valor justo de cada uma delas, somente assim será possível saber se está valendo a pena ou não determinado investimento.

O primeiro passo para saber se o valor de uma ação está baixo ou alto é através da analise de um indicador chamado preço por valor patrimonial.

Valor Patrimonial por Ação

O resultado demonstra o quanto do patrimônio da empresa pertence ao proprietário de cada ação, pode ser obtido dividindo o Patrimônio Líquido da empresa pela quantidade de ações desta.

Para conseguir apurar o valor do patrimônio líquido, basta subtrair os passivos que ela tiver do total de ativos.

Caso tenha dificuldades, o patrimônio líquido total no balanço das empresas, pode ser obtido facilmente no site da Bolsa de valores ou em corretoras.

Preço por Valor Patrimonial

Agora chegou a hora de saber como analisar o preço de uma ação.

Para isso, é necessário apurar o resultado da divisão do “preço por ação” pelo “valor patrimonial por ação” que foi explicado no item anterior, pois é a partir do resultado desta divisão que você terá a resposta se vale a pena ou não investir em determinada ação.

O resultado apurado deve ser 1, pois desta forma o valor cobrado pela ação de fato equivale ao patrimônio da empresa, porém, nos casos em que o valor obtido for inferior a 1, o preço da ação é visto pelos analistas como barato, já quando o resultado dessa divisão for superior a 1, muito provavelmente a ação está acima do seu valor de mercado.

Para exemplificar, se uma empresa negocia suas ações por R$ 500, e através do cálculo do “valor patrimonial por ação” explicado neste artigo você apurar o valor de R$ 250, o “preço por valor patrimonial” dessa empresa seria equivalente a divisão de 500 por 250, que resulta em 2.

Desta forma, por meio do resultado obtido em nosso exemplo, poderíamos concluir que o valor da ação está caro, pois o valor cobrado por ação é o dobro do valor justo para o patrimônio que a empresa possui.

É importante ressaltar, que além de todos esses pontos expostos no artigo, também é essencial analisar o histórico da empresa, o momento econômico do país e do mundo, entre outros fatores para poder tomar a melhor decisão possível para os seus investimentos.

Leia também:


Gostou da nossa matéria? Para ficar sempre atualizado, siga nossas Redes Sociais: Facebook, TwitterInstagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.