RDB: aprenda tudo, use nosso simulador e aumente seus lucros!

Apesar de pouco conhecido entre a maior parcela dos investidores iniciantes, as aplicações em RDB vem ganhando cada vez mais espaço em função das atrativas taxas de juros oferecidas por diversas financeiras.

Sendo assim, preparamos um artigo completo sobre investimentos em RDB para que você entenda absolutamente tudo sobre esta modalidade de investimento, consiga simular suas aplicações e otimizar seus lucros sem abrir mão da tradicional segurança da Renda Fixa.




O que é RDB? Como funciona?


RDB ou “Recibo de Depósito Bancário” é um título de Renda Fixa que pode ser emitido tanto por um banco quanto por uma financeira. Ao investir seu dinheiro em um RDB você estará emprestando esta quantia à instituição financeira e receberá futuramente este valor acrescido dos juros acordados no momento da aplicação.

Sendo assim, é estabelecida uma relação de troca entre o investidor e a instituição financeira, na qual o investidor é beneficiado através do recebimento de juros, enquanto a instituição financeira consegue captar recursos para financiar suas atividades.

Qual a diferença entre RDB e CDB?


Da mesma forma que LCI e LCA são consideradas irmãs gêmeas, também podemos fazer esta associação entre RDB e CDB, pois ambos possuem características de funcionamento muito semelhantes.

Entretanto, existem duas diferenças entre RDB e CDB que merecem ser destacadas:

  • Enquanto um CDB pode ser negociado antes da data de vencimento, o RDB é inegociável e intransferível, ou seja, a liquidez é apenas no vencimento.
  • O RDB pode ser emitido tanto por bancos quanto financeiras, mas o CDB não pode ser emitido por financeiras.

Apesar dos bancos terem a possibilidade de emitir RDB, não é comum isto acontecer. Sendo assim, geralmente os RDBs disponíveis no mercado são aqueles disponibilizados por financeiras.

Valores mínimos para investimento inicial em RDB


Os valores mínimos para investimentos em RDB variam de acordo com a instituição financeira.

Fizemos uma consulta na internet e levantamos os valores mínimos exigidos por três financeiras que emitem RDB, a saber:

  • Omni Financeira: R$ 1.000
  • Avista Financeira: R$ 10.000
  • Caruana Financeira: R$ 20.000

Prazos de aplicação em RDB


Apesar de não existir um prazo mínimo para investimentos em RDB, o mais comum é que as financeiras solicitem aplicações de pelo menos 1 ano.

Por outro lado, é possível encontrar prazos máximos de até 10 anos, como é o caso da Avista Financeira.

Ressaltamos que quanto maior for o prazo do seu investimento, maior terá que ser a sua exigência de rentabilidade, como uma forma de recompensa por deixar o seu dinheiro “preso” na instituição financeira.

Resgates parciais do dinheiro investido em RDB


Algumas financeiras permitem que o investidor faça um resgate parcial antes da data de vencimento do RDB.

Entretanto, geralmente o investidor é penalizado com a perda de rentabilidade.

Por exemplo, o seu RDB possuía um prazo de vencimento para 8 anos e rentabilidade de 120% do CDI. Entretanto, após 4 anos você precisou do dinheiro e a instituição financeira aceitou o resgate antecipado mediante a redução da taxa de rentabilidade de 120 para 116% do CDI.

Por isso, é importante se informar com a instituição financeira sobre esta possibilidade de resgate antecipado antes de efetuar a aplicação do dinheiro.

Rentabilidade em RDB


Geralmente, os RDBs disponibilizados possuem duas modalidades de rentabilidade:

  • RDB pós-fixado: a rentabilidade é determinada de acordo com o desempenho de um indexador e só é conhecida, efetivamente, no momento do resgate da aplicação.

Exemplo: Taxa pós-fixada de 120% do CDI.

  • RDB pré-fixado: a rentabilidade é conhecida no momento da aplicação.

Exemplo: Taxa pré-fixada de 11% ao ano.

Existe também a possibilidade de você encontrar RDB com rentabilidade híbrida, ou seja, a soma de uma taxa pré com outra pós-fixada (por exemplo: IPCA + 6,30%). Entretanto, esta rentabilidade híbrida é mais aplicada aos investimentos em CDB e nunca vimos um RDB com este tipo de taxa

Impostos em RDB


As aplicações em RDB possuem a incidência dos mesmos impostos aplicados ao CDB, a saber:

  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF): aplicado somente quando o resgate acontece em prazo menor do que 30 dias. A alíquota é regressiva com o tempo e apresentada na tabela a seguir:

rdb imposto iof tributação

  • Imposto de Renda (IR): aplicável em todos os casos, ou seja, todos os investidores sofrem esta tributação. A alíquota também é regressiva com o tempo:

rdb imposto de renda ir tributação

O IOF e o IR são recolhidos na fonte, ou seja, o dinheiro que você recebe após o resgate já vem com todas as deduções.

É importante frisar que as alíquotas destes impostos incidem somente sobre o lucro.

Riscos em RDB


O principal risco de qualquer investidor é a falência da instituição financeira na qual ele aplicou o seu dinheiro.

Entretanto, quando se trata de investimentos em Renda Fixa existe um seguro grátis e automático denominado FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

O limite máximo garantido pelo FGC é de R$ 250.000 e além de possuir cobertura para os tradicionais investimentos em LCI, LCA e CDB, por exemplo, é importante ressaltar que as aplicações em RDB também são garantidas pelo FGC.

Obs.: Caso você ainda não conheça as características deste seguro, te convidamos a ler nosso artigo específico sobre o FGC.

Entretanto, apesar da existência deste seguro, acreditamos que você não queira investir em uma instituição ruim e vê-la “quebrar” antes do resgate do seu dinheiro, pois isto implicaria no início de um processo burocrático até que o FGC devolva os valores aplicados.

Desta forma, pensando justamente em auxiliar investidores iniciantes, montamos um guia contendo toda a nossa estratégia de investimentos visando maximizar os lucros e minimizar os riscos de nossos investimentos.

Neste guia, mostramos quais são os bancos nos quais nos sentimos confortáveis para investir e também revelamos qual a corretora independente utilizamos.

Além disso, nós também ensinamos uma maneira fácil, rápida e gratuita para que você mesmo aprenda a identificar instituições financeiras sólidas e confiáveis para investir o seu dinheiro.

Portanto, caso você tenha interesse em melhorar sua vida financeira, acesse o guia “Investimentos Seguros e Rentáveis”.

Como investir em RDB


Basicamente, o investir interessado em aplicar nesta modalidade possui dois caminhos a seguir:

  • Direto: através da abertura de conta na instituição emissora do RDB.
  • Indireto: através da abertura de conta em uma corretora independente.

Pode parecer que o caminho direto é mais vantajoso, pois qual seria motivação de abrir conta em uma corretora para depois investir em outra instituição, correto?

Contudo, a principal vantagem de investir através de corretoras independentes é justamente o fato destas funcionam como “pontes” entre o investidor e as diversas instituições financeiras.

Desta forma, enquanto no banco o investidor tem a possibilidade de optar somente pelos produtos daquela instituição, na corretora existe o acesso a um leque maior de opções de investimentos, uma vez que as corretoras reúnem produtos de diversos bancos e financeiras.

Sendo assim, através das corretoras independentes o investidor amplia o seu “cardápio” de investimentos.

Calculadoras de RDB


A seguir, apresentaremos duas calculadoras para você simular o seu investimento em RDB.

A utilização dos simuladores é simples, basta preencher os campos sinalizados com “+” e os demais campos serão calculados de forma automática.

Para a Taxa CDI, você poderá utilizar os valores atuais, as previsões do mercado ou mesmo especular qualquer valor da sua cabeça.

Obs.: Temos uma seção específica com o histórico dos principais indexadores da Renda Fixa e outra seção com as respectivas projeções.

Boa diversão!

Simulador de RDB pós-fixado


Simulador de RDB pré-fixado


Atenção: Os simuladores possuem a intenção de uso educativo. Toda e qualquer decisão tomada após as simulações é de exclusiva responsabilidade do leitor.

Conforme ressaltado anteriormente, em investimentos pós-fixados, você só saberá a exata rentabilidade no dia do vencimento da aplicação em função das variações dos indexadores.

A Taxa CDI, por exemplo, é calculada e divulgada diariamente pela CETIP. Ou seja, qualquer mudança afeta a sua rentabilidade já no dia seguinte.

Portanto, os valores encontrados nestes simuladores devem ser entendidos como uma ordem de grandeza da sua rentabilidade, que poderá ser ligeiramente diferente de nossos cálculos.

Qual o melhor investimento: CDB ou RDB?


Como o RDB é considerado o irmão gêmeo do CDB em função de ambos possuírem as mesmas características e tributação, é muito fácil comparar a rentabilidade entre estes dois investimentos.

De forma simples e direta, aquele investimento com a maior taxa será o mais rentável.

Portanto, um RDB oferecendo taxa de 125% do CDI sempre será melhor em termos de rentabilidade do que um CDB com taxa de 118% do CDI, se considerarmos o mesmo prazo de investimento.

Entretanto, é importante que você considere outras variáveis além da rentabilidade, como por exemplo: investimento mínimo inicial, prazo de vencimento e possibilidade de resgates antecipados.

Considerações finais


Vimos neste artigo os principais tópicos sobre o investimento em RDB:

  • O que é e como funciona
  • Valor mínimo
  • Prazos de aplicação
  • Resgates antecipados
  • Tipos de rentabilidade
  • Impostos
  • Riscos
  • Como investir
  • Simuladores
  • Comparativo com CDB

Esperamos que a leitura deste material tenha sido agradável e útil para você aprimorar seus conhecimentos neste tipo de aplicação.

Tentamos utilizar uma linguagem simples e com diversos exemplos para facilitar a sua compreensão.

Se você chegou até o final deste artigo, parabéns! Isto mostra que você preza pela leitura para ampliar seus horizontes.

Para elevar ainda mais os seus conhecimentos sobre o mundo da Renda Fixa, novamente te convidamos a conhecer o guia “Investimentos Seguros e Rentáveis”. Temos certeza que irá gostar!


Para consultar informações sobre demais investimentos em Renda Fixa, acesse nossos artigos específicos:


Caso você tenha gostado deste material e acredite que ele possa ser útil para melhorar a saúde financeira de seus amigos e familiares, que tal compartilhar e marcá-los no Facebook?

Fique à vontade para fazer sugestões, elogios e reclamações! Para isso, basta deixar um comentário aqui embaixo. Teremos grande felicidade em receber a sua mensagem!




RDB: aprenda tudo, use nosso simulador e aumente seus lucros!
Poderia avaliar nosso conteúdo?

Veja Também:

Qual é o Banco 237? Descubra rapidamente quem é o Banco 237 e veja dicas preciosas para evitar erros em transferências via TED e DOC.
Segunda via da conta de luz da Enel Emita a segunda via da sua conta de luz da Enel. Evite atrasos e o pagamento de multas. Chega de perder tempo!
Código do Banco do Brasil Consulte rapidamente o código do Banco do Brasil e aprenda como utilizá-lo para evitar erros em transferências via TED ou DOC.
2 respostas

Deixe uma resposta

Gostou do nosso artigo?
Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *