Saiba como doar parte do seu Imposto de Renda devido para causas sociais de forma prática

Uma forma prática de praticar ações de solidariedade, ainda mais necessárias em épocas de pandemia, é realizar a a doação através do Imposto de Renda, cuja declaração pode ser feita até o dia 30 de junho de 2020.

Você pode doar até 3% do seu IR devido para os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (ECA) e para os Fundos do Idoso. Tais fundos destinam a verba para instituições beneficentes e sociais.

O valor é transferido para entidades beneficentes ao invés de ir parar no Fisco. Esse tipo de doação não traz nenhum tipo de ônus para o contribuinte, que pode destinar até 6% do imposto ao longo do ano. Se for realizada na época da declaração, o percentual máximo é de 3%.

Atenção ao final de declaração e à data do pagamento

Quando se termina de realizar a declaração, serão gerados dois Darf’s (Documento de Arrecadação da Receita Federal). Um deles refere-se à quitação da primeira quota ou quota única do IR e o outro é o comprovante de doação à instituição beneficiada.

O contribuinte deve realizar o pagamento até a data limite, ou seja, 30 de junho, para que a doação seja devidamente declarada e abatida do valor devido. Se passar da data, o declarante deverá restituir a quantia doada.

Para o Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro, a iniciativa deve ser propagada e incentivada, já que muitas pessoas ainda não sabem que podem exercer a solidariedade de maneira tão prática.

Leia também:


Gostou da nossa matéria sobre doação de parte do IR para causas sociais?

Para ficar sempre atualizado com nossas notícias, siga nossas Redes Sociais: FacebookTwitter e Instagram.

Para relatar erros, clique aqui. Conteúdo publicado originalmente por bonsinvestimentos.com.br.

Revisão e edição: Cintia Salomão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.