CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de crédito privado, emitido exclusivamente por bancos para financiar suas atividades de crédito.

 

Nesta modalidade de aplicação, o investidor empresta uma determinada quantia ao banco e ao final da aplicação, o banco devolve o valor investido mais os juros do período, que dependerá da taxa pactuada entre o investidor e o banco.

 

Aplicação mínima


 

Variável de acordo com o banco emissor do título:

 
  • Caixa Econômica Federal:R$ 200
  • Banco do Brasil: R$ 500
  • Itaú: R$ 500
  • Santander: R$ 100
  • Bradesco: R$ 2.000
  • HSBC: R$ 100
  • Bancos de menor porte: R$ 10.000
 

Obs.: Valores consultados nos sites dos respectivos bancos em nov/15.

 

Rentabilidade


 

Os CDB’s podem ser:

 
  • Pré-fixados: a rentabilidade é conhecida no momento da aplicação (início do investimento).
 
  • Pós-fixados: a rentabilidade é determinada de acordo com o desempenho de um indexador e só é conhecida efetivamente no momento do resgate da aplicação (final do investimento).
 

A maior parcela dos CDBs ofertados possuem rentabilidade pós-fixada atrelada ao CDI (índice que acompanha a Taxa SELIC).

 

Entretanto, também é possível encontrar CDBs atrelados a outros índices econômicos e, com menor frequência, opções de CDBs pré-fixados.

 

Geralmente, as maiores rentabilidades são obtidas atendendo a três critérios:

 
  • Investimentos em bancos de menor porte, que oferecem melhores taxas para atrair os investidores.
  • Maior investimento inicial.
  • Maior tempo de aplicação.
 

Prazo para resgate


 

Existem CDB’s com possibilidade de liquidez diária, ou seja, o seu dinheiro não fica “preso” e você pode resgatá-lo quando desejar.

 

Contudo, alguns CDB’s exigem prazos maiores e, em contrapartida, oferecem taxas mais elevadas de remuneração.

 


Tributação


 

O investimento em CDB sofre a incidência de dois impostos: IOF e IR.

 

Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)

 

É cobrado somente quando o resgate acontece com menos de 30 dias do início da aplicação.

 

Portanto, se o investidor mantiver a aplicação por mais de 30 dias, não pagará nada deste imposto.

 

A alíquota é regressiva com o tempo e o imposto incide somente sobre o valor do lucro auferido com a aplicação.

 

cdb imposto

 

Imposto de Renda (IR)

 

Assim como IOF a alíquota também é regressiva com o tempo e incide somente sobre o valor do lucro do investimento.

 

A diferença em relação ao IOF é que este imposto sempre será cobrado e não existe um limite para que o investidor seja isento (no caso do IOF, basta manter o investimento por mais de 30 dias e o imposto não será descontado).

 

A alíquota mais alta é de 22,5% e a mais baixa é de 15%, conforme pode ser observado na tabela a seguir:

 

Tesouro_Direto_CDB_LC_Tributação_Imposto_IR

 

Os valores referentes aos impostos (IOF e IR) são recolhidos pela instituição financeira no momento do resgate da aplicação. Em outras palavras, a importância que o banco lhe paga já vem com os descontos dos impostos.

 

Ou seja, você não precisa se preocupar em fazer cálculos para saber o quanto deve de imposto e nem imprimir guias para efetuar o pagamento, pois o desconto é feito automaticamente pela instituição financeira.

 

É importante destacar que os impostos são cobrados somente sobre os rendimentos da aplicação, ou seja, se você aplicou R$ 10.000 e resgatou R$11.000, os impostos incidirão somente sobre os R$ 1.000 que você obteve de lucro.

 

Riscos do CDB


 

Os CDBs possuem a proteção de um seguro grátis e automático chamado FGC (Fundo Garantidor do Crédito).

 

O limite máximo protegido é de R$ 250.000 por CPF e por instituição financeira e devido à relevância do tema preparamos um artigo específico para abordar o funcionamento e abrangência do FGC.

 

Como investir


 

Os investimentos em CDBs podem ser feitos através de um banco ou uma corretora de valores.

 

Nossa análise é mais favorável às corretoras em função das maiores opções de investimentos e rentabilidades mais atrativas, além das facilidades de operar pela internet.

 

Temos um artigo dedicado exclusivamente sobre como investir na Renda Fixa.

 

Resumo


 

Podemos destacar as principais vantagens do investimento em CDB como:

 
  • Aplicação mínima de R$ 100.
  • Possibilidade de compra de títulos com liquidez diária, ou seja, a aplicação não fica “presa” e você pode resgatar quando desejar.
  • Seguro de até R$ 250.000, garantido pelo FGC, em caso de falência da instituição financeira.
 

As principais desvantagens do CDB são:

 
  • Geralmente aplicações iniciais menores do que R$ 10.000 não garantem um bom rendimento. Quanto maior o valor aplicado, maiores são as taxas oferecidas pelos bancos.
  • Incidência de dois impostos: IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e IR (Imposto de Renda).

 

Para o conhecimento e comparação das principais opções de investimentos em Renda Fixa, recomendamos a leitura de nosso artigo dedicado ao tema.

31 Comentários


  1. Bom dia.
    Primeiro parabenizo vcs pela iniciativa da página, em facilitar o entendimento sobre o tema. O resultado… Aqui estou eu com um pouco mais de esclarecimento sobre renda fixa.

    Me dê uma dica, estou com R$ 10.000 em poupança que estou guardando para um Lance em um consórcio. Quero dar esse lance nos próximos 2 meses. Como já aprendi que dinheiro em poupança é (perca de dinheiro), Qual opção seria melhor para mim?

    Responder

    1. Josiel, obrigado pela sua mensagem!

      Como o prazo que você usará o dinheiro é muito curto (máximo de 2 meses), acredito que não terá diferença significativa entre deixar na Poupança ou mover para um investimento com liquidez diária. Se você colocasse este dinheiro no Tesouro Selic, em 2 meses teria uma rentabilidade em torno de 0,25% acima da Poupança. Isso representaria R$ 25.

      Como o período é curto, acredito que não compense. Mas se fosse para período de 1 ano, por exemplo, a diferença já seria mais considerável e começaria a ser mais interessante.

      Responder

      1. Bom dia Irmãos Cid,

        Apliquei o valor no CDB Fidelidade do Bradesco, R$ 3.000,00 no dia 16/02 e R$ 7.200,00 no dia 17/02.
        Hoje tenho já livre de IOF, R$ 10.277,86 com IR de R$ 17,50.

        Podem me ajudar a calcular se tivesse feito outro tipo de investimento, teria uma rentabilidade maior.

        A tabela de rentabilidade que eles oferecem é:

        prazo (dias) % do indexador(CDI)
        até 180 81,2
        181 a 365 88,0
        366 a 722 93,0
        acima de 722 96,0

        Abraços,

        Responder

        1. A tabela de rentabilidade que eles oferecem é:

          prazo (dias) —————–% do indexador(CDI)
          até 180————————–81,2
          181 a 365———————– 88,0
          366 a 722———————— 93,0
          acima de 722 ——————96,0

          Responder

        2. Josiel, esse investimento no CDB do Bradesco só começa a ficar razoável depois que você permanece com ele por um período acima de 722 dias e a respectiva rentabilidade de 96% do CDI. Se você quiser continuar no Bradesco, acreditamos que a melhor opção seja investir no Tesouro SELIC, pois a rentabilidade será de 100% do CDI desde o primeiro dia. Apesar de ter duas taxas a serem pagas para investimento no Tesouro SELIC, a rentabilidade ainda será maior do que o CDB do Bradesco. Temos um artigo específico sobre o Tesouro Direto. Acredito que valha a pena você conhecer esse investimento.

          Responder

          1. Entendi Cid,

            Hoje o banco máxima oferecia CDB com 106% do CDI com vencimento em 181 dias e aplicação minima de 5 mil. É uma boa?

            Uma dúvida que me surgiu é como saber se o Banco Máxima, assim como outros é confiável.

            Qual a melhor maneira para fazer essa sondagem?

            Josiel


          2. Josiel, considerando a taxa oferecida e o período do inventestimento está me parecendo uma boa opção. No nosso livro tem um capítulo com o nome “como saber se um banco é confiável”. Dá uma lida e se tiver alguma dúvida, manda uma mensagem por aqui. Ensinamos um jeito muito simples e rápido de fazer essa conferência, ok?


          3. Pesquisei conforme o livro, olha só:

            O campo rating deste CDB está em branco (optei também pela Easynvest);

            O site mostra Basileia de 1,6 e imobilização de 15,6 para o Banco Máxima. E além disso, 2 prejuízos consecutivos nos últimos trimestres e um histórico de prejuízos anteriores.

            Recuei em relação ao CDB oferecido por eles.

            Faltou alguma análise?

            Obrigado, e parabéns pelo livro é Sensacional.

            Josiel.


          4. Josiel, a sua análise está perfeita. Realmente os indicadores econômicos do Banco Máxima não estão favoráveis neste momento. Parabéns pela sua análise. Saiba que está na frente da maioria dos investidores e aplicando cada vez com maior consciência!


  2. Gostaria de saber qual melhor investimento para se fazer no valor de R$ 20.000 tempo máximo de 12 meses?

    Responder

  3. Boa tarde gostaria de saber qual o investimento ideal para 50k com tempo de incubação acima de 5 anos.

    Responder

    1. Fábio, se você não abre mão de investir através dos grandes bancos, geralmente a LCI da Caixa oferece as melhores condições. Entretanto, se quer aumentar rentabilidade, dê uma olhada na nossa seção os “10+”, pois tem um mapeamento mensal das melhores opções de Renda Fixa. Se quiser conhecer nossa estratégia pessoal, sugiro a leitura do nosso livro. Um abraço!

      Responder

    1. Renata, se você pretende investir em Renda Fixa em grandes bancos, geralmente os produtos da Caixa são mais vantajosos. Entretanto, se quiser aumentar a rentabilidade, sugerimos que dê uma olhada na nossa seção “Os 10+“. Caso queira conhecer nossa estratégia detalhada de investimentos, te convido a conhecer nosso livro através deste link.

      Responder

  4. Olá, tenho CDBs no Pine e PAN para vencimento até 2019/2020.
    É claro que minha pergunta depende de fatores políticos e não só da capacidade de solvência do banco, mas vocês “chutariam” que esses 2 bancos tem risco considerável de quebra nos próximos 3 anos?
    Um abraço!

    Responder

    1. Olá, Samuel.
      Em teoria, o seu investimento no Banco Pan possui risco maior do que no Banco Pine.
      Isso se deve ao fato do Banco Pan ter apresentado prejuízo nos últimos 3 anos.
      Já o Banco Pine apresentou lucro nos anos 2014 e 2015, com prejuízo em 2016.
      Caso queira conhecer como fazemos esta análise de risco, sugerimos e leitura do nosso livro: http://www.bonsinvestimentos.com.br/livro/.
      Um abraço e bons investimentos.

      Responder

  5. Olá, boa tarde.

    Com a Taxa Selic baixa, e ainda com previsão de cair mais (8%), fiquei com medo de investir no Tesouro. Pensei então no CDB e em dividir 20 mil em um banco ou corretora, com prazo superior a 2 anos para resgate, e 20 mil em outro banco, com liquidez diária (O Bradesco me ofereceu 95% com liquidez diária, carência de apenas 06 meses).
    O Banco Daycoval é interessante?
    Qual a sua opinião, diante das atuais quedas da SELIC e da Inflação?

    Obrigada.

    Responder

    1. Catharina, tudo é uma questão de comparação. Você está com medo de investir no Tesouro Selic porque acredita que a rentabilidade será menor do que qual outra aplicação?

      Entre investir no CDB do Bradesco com taxa de 95% do CDI ou Tesouro Selic, é muito mais vantajoso investir no Tesouro Selic desde que faça as aplicaçõespor uma corretora independente com taxa 0 (Easynvest, XP, Rico, por exemplo).

      O CDB do Banco Daycoval está bem atrativo também, pois eles estão com uma “promoção” de CDB remunerando a 103% do CDI e liquidez diária.

      A nossa opinião permanece a mesma neste cenário de queda. Renda Fixa é para você ter segurança, mas não precisa “perder” dinheiro investindo em grandes bancos com taxas vergonhosas.

      Esperamos ter ajudado!

      Volte sempre…

      Responder

      1. Estava dando uma olhada em outros post’s de vocês e fiz algumas simulações nas Corretoras XP, Easynvest e Rico. Realmente a diferença para a “oferta” (CDB) do Bradesco é muito grande rs. Bom, creio que a Easynvest é confiável, até pela indicação de vocês, estou pensando em fechar com eles. Agradeço bastante a orientação e a atenção. Abs.

        Responder

        1. Catharina, o melhor investimento você já está fazendo investindo tempo em estudar o assunto para tomar as melhores decisões para o seu perfil. Parabéns por isso e conte sempre conosco para trocar uma ideia sobre o tema. Um abraço!

          Responder

          1. Acabou surgindo uma outra dúvida rs. Conversando com uma atendente do Daycoval, a mesma me falou que seria mais interessante investir em LCI/LCA com liquidez para 721 dias e taxa a 93% que não incide IR do que em CDB com taxa a 105,5% CDI, já que o CDB terá o desconto do imposto de renda e após o desconto, acabaria ficando uma rentabilidade inferior ao LCI/LCA. Como fazemos esse cálculo? é só subtrair diretamente o valor do IR da taxa ofertada?


          2. Catharina, sem problemas. Vamos tentar te ajudar novamente. Os investimentos em LCI / LCA são isentos do pagamento do imposto de renda enquanto as aplicações em CDB possuem alíquota de imposto de renda regressiva com o tempo. Para saber mais detalhes desta tributação, sugiro que consulte nossa seção sobre impostos.

            Vamos agora utilizar o atual CDI de 9,14% a.a. para fazer uma simulação simplificada (juros simples) dos investimentos selecionados por você:

            LCI / LCA de 93% do CDI -> rentabilidade líquida é dada simplesmente por 0,93 x 9,14 (CDI) = 8,5% a.a.
            CDB de 105,5% do CDI -> rentabilidade bruta é dada por 1,055 x 9,14 (CDI) = 9,6% a.a. Para encontrar a rentabilidade líquida, precisa descontar a alíquota do IR (para investimentos acima de 720 dias a alíquota é de 15%). Portanto, a rentabilidade líquida será de 9,6% (rentabilidade bruta) x (1 – 0,15) = 8,2% a.a.

            Portanto, podemos verificar que a orientação passada pela atendente do Daycoval está correta, pois a LCI / LCA será mais vantajosa do que o CDB com estas taxas informadas.

            O Daycoval é um banco que faz parte da nossa carteira de investimentos e gostamos muito do atendimento e da plataforma de investimentos. Se você quiser entender um pouco mais sobre nossa estratégia neste banco e como fazemos para otimizar nossos lucros, te convido a conhecer nosso livro através deste link, ok?

            Espero ter ajudado!


  6. Boa tarde,

    Já tenho minhas aplicações diversificadas (LCA/CDB em corretoras e fundo de renda fixa longo prazo no Banco do Brasil) e tenho uma dúvida em relação a aplicação do valor que consigo poupar mensalmente (R$ 2.000,00.
    Considerando que:
    a) há boas opções de aplicações em CDB/LCA em corretoras com valores iniciais de R$ 5.000,00;
    b) a rentabilidade bruta do fundo de renda fixa longo prazo nos últimos 12 meses foi de 11,75% e descontando o IR na pior situação (22,5%) a rentabilidade líquida foi de 9,11%.

    O que é mais vantajoso a) aplicar no tesouro direto mensalmente os R$ 2.000,00 ou b) aplicar no fundo os R$ 2.000,00 mensais por dois meses seguidos e no terceiro mês, com mais os R$ 2.000,00 poupados, teria R$ 6.000,00 (e mais um pouquinhos do rendimento dos 2 meses) e aí aplicar num CDB/LCA em corretora?

    Responder

    1. Andréa, o CDI dos últimos 12 meses foi de 12,05%, ou seja, a sua rentabilidade líquida de 9,11% nos últimos 12 meses representa algo em torno de 75% do CDI. Se fosse o meu dinheiro eu ia preferir investir na LCI / LCA do Daycoval que paga mais de 90% do CDI e exige investimento inicial de apenas R$ 1.000. O Tesouro Selic daria quase a mesma rentabilidade do que esse fundo citado.

      Responder

      1. Bom dia, obrigada pelo retorno.

        Neste caso de aplicação mensal na LCI / LCA do Daycoval, eu teria a cada mês uma nova aplicação?
        Exemplo: se eu aplicar a cada mês os R$ 2.000,00 num LCA Daycoval com prazo 241 a 360 dias (atualmente pagando 92,5% do CDI) daqui há 12 meses eu teria uma aplicação vencendo a cada mês?

        Mais uma dúvida: a conta que eu abrir no Daycoval (para onde eu vou transferir o dinheiro e dela fazer a aplicação / para onde vai o dinheiro após o vencimento da aplicação) é coberta pelo FGC?

        Responder

  7. Bom dia Cid,

    Mais uma vez retornando à vc pela confiança.

    Estou correto em afirmar que, o CDB com liquidez diaria do Sofisa direto (taxa 0) remunerando 100% do cdi, é mais vantajoso que o tesouro selic?

    Att,

    Josiel Tony

    Responder

    1. Josiel, se formos levar em consideração apenas a rentabilidade líquida, um CDB rendendo 100% do CDI terá uma pequena vantagem em relação ao Tesouro Selic. Entretanto, esta vantagem é mínima e se dá basicamente pela taxa anual paga à Bovespa de 0,30% a.a. Entretanto, é sempre bom lembrar que os títulos públicos são conhecidos por serem os investimentos mais seguros do mercado mesmo sem a cobertura do FGC. Portanto, você precisa pesar essas duas questões antes de decidir.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *