Conta Poupança – O que é? Como funciona?

Apesar do seu histórico como investimento tradicional e seguro, a conta poupança ainda gera dúvidas em muitos brasileiros.

Por isso, preparamos esta matéria para te explicar de forma simples e direta o que é uma conta poupança, como ela funciona e como é calculado o seu rendimento. Confira abaixo!

O que é uma Conta Poupança?


o-que-e-conta-poupanca-como-funciona

A conta poupança é um tipo de conta bancária criada com o objetivo de estimular a economia popular, onde é possível guardar dinheiro de forma segura e ainda receber uma rentabilidade (juros) por isso.

Para abrir e manter uma conta de poupança, o cliente não paga tarifas, não paga imposto de renda sobre o dinheiro aplicado e ainda pode depositar pequenos valores, que passam a gerar rendimentos mensalmente.

Contudo, é importante registrar que se um valor depositado na conta de poupança não for mantido aplicado por pelo menos um mês, isto é, se for resgatado antes, não ocorrerá remuneração desse dinheiro.

Outro ponto importante é entender que conta corrente e conta poupança são coisas bem diferentes, ainda que você possa tenha as duas no mesmo banco.

A conta corrente tem como objetivo principal as operações de transação, sendo as mais comuns no dia a dia pagamentos em débito ou crédito. Assim, a conta corrente normalmente não apresenta rentabilidade.

Já o objetivo básico da conta poupança é poupar dinheiro e ganhar uma rentabilidade com isso, podendo estar vinculada ou não a alguma conta corrente.

Portanto, a poupança não é apenas uma conta. Ela é também uma forma de investimento que atrai muitas pessoas, apesar de apresentar baixa rentabilidade no momento.

Como funciona a Conta Poupança?


O funcionamento da Caderneta de Poupança é muito simples e fácil de ser entendido: o dinheiro guardado recebe todos os meses um acréscimo de juros, que pode variar de acordo com alguns índices da economia (como explicaremos mais abaixo).

A quantia depositada precisa ficar na poupança durante 1 mês para receber a rentabilidade, ou seja, caso ela seja retirada antes desse período, não será aplicado o valor.

O termo técnico para se referir a tal período é “Aniversário da poupança”. Ou seja, se você depositou R$ 100 na sua poupança no dia 10 de janeiro, é preciso esperar até 10 de fevereiro para receber os juros do período. Se sacar no dia 9 de fevereiro, só terá direito aos R$ 100 depositados inicialmente e não terá nenhuma rentabilidade.

Apesar do exposto, é importante frisar uma das maiores vantagens da Conta Poupança: a liquidez diária. Isto significa que você pode sacar o seu dinheiro qualquer dia.

Outro questão interessante é saber que a rentabilidade da conta poupança é padronizada e igual para todos os bancos, isto é, a taxa (definida e controlada pelo governo via Banco Central) não varia de acordo com o banco, sequer importando se este é público ou privado.

Como o objetivo de uma conta poupança é utilizá-la exclusivamente para aplicação e obtenção de rentabilidade, nenhum tipo de tarifa deve ser cobrada pelo banco – ao contrário do que se dá com uma conta corrente, por exemplo.

Para entender de maneira mais profunda e didática o funcionamento da Conta Poupança, qual o valor mínimo para abrir a sua e como se dá o rendimento mensal, recomendamos que assista ao vídeo abaixo:

Como abrir uma Conta Poupança?


A Conta Poupança não precisa estar vinculada a uma conta corrente, então você tem total liberdade de escolher o banco e agência na qual você deseja abrir sua Caderneta de Poupança.

Uma vez que você escolheu em qual agência de qual banco você quer abrir sua conta poupança, dirija-se ao local portando seu RG, CPF e comprovante de residência para solicitar a abertura da conta.

Você não precisa pagar nenhuma taxa de abertura, bem como nenhuma taxa para utilizar a conta poupança. É prática comum que os bancos exijam um depósito inicial (bem pequeno, geralmente) para ativar a conta poupança.

Com relação ao número de saques diários ao qual você tem direito e demais especificidades da conta poupança, você deve consultar as regras do banco escolhido porque podem ter grandes diferenças entre as diversas instituições financeira.

Mas reiteramos que a rentabilidade da poupança é a mesma, não dependendo do banco onde você decidiu abrir sua conta.

Como você deve ter percebido, o processo é bem simples. E pode, inclusive, ser feito por menores de 18 anos, desde que acompanhado dos pais.

Sobre o direito à cartão vinculado à conta e facilidades como a consulta de saldo pela internet ou por aplicativos, você também precisa consultar o banco escolhido para obter essas informações, uma vez que não existem regras definidas pelo Banco Central para isso.

Quanto rende a Caderneta de Poupança?


Chegamos a uma boa pergunta: afinal, qual é a rentabilidade de uma Conta Poupança?

Pessoas que abriram conta poupança em período anterior a 3 de maio de 2012, tiveram rendimento atribuído de: 0,5% ao mês + Taxa Referencial (TR).

Contudo, depois da citada data, o governo alterou a regra para o rendimento das poupanças, variando de acordo com o valor da Taxa Selic:

Para Taxa Selic maior do que 8,5% ao ano, a rentabilidade é de: 0,5% ao mês + TR.

Para Taxa Selic menor ou igual a 8,5% ao ano, a rentabilidade é de: 70% da Taxa Selic + TR.

Sendo assim, é importante entender que quanto menor for a Taxa Selic, menor será o rendimento da caderneta de poupança.

Em 2019, por exemplo, o rendimento mensal da poupança foi de 0,35% e a rentabilidade anual foi de 4,34%.

A poupança é um bom investimento?


Para entender se a Poupança é um bom investimento, recomendamos que assista ao vídeo abaixo contendo uma análise bem-humorada sobre esta famosa forma de guardar e investir dinheiro.

Considerações Finais


E aí, entendeu tudo sobre conta poupança? Fazendo coro ao segundo vídeo que trouxemos para você, atualmente a poupança é para guardar dinheiro, não para investir. Afinal, seu rendimento é bem baixo (desanimador, mesmo).

Portanto, que tal buscar meios de realmente fazer o seu dinheiro render de forma satisfatória? Temos muito material interessante sobre o assunto por aqui.


Gostou da nossa matéria? Agradecemos a sua visita e te convidamos a navegar um pouco mais pelo nosso site – Bons Investimentos!

Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram

Faça um comentário

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS!

Publicidade

Procure o tema do seu interesse

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência neste site e personalizar publicidade. Ao continuar navegando, você concorda com isso.